PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Santiago Solari exalta boa fase de Vinicius Júnior no Real Madrid

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

10/11/2021 21h13

Ex-técnico do Real Madrid, Santiago Solari teve um papel importante no desenvolvimento de Vinicius Junior. Quando o brasileiro desembarcou na Espanha, foi ele quem o recebeu ainda no Castilla, o time B do Real Madrid, em 2018.

Após a demissão de Lopetegui, os dois voltaram a trabalhar juntos na equipe principal. O argentino celebrou a boa fase de Vinicius Júnior, porém, não se espanta com o sucesso que o brasileiro está fazendo no clube merengue.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

– Ele está se tornando um jogador de futebol melhor. Vinicius Júnior não me surpreende, mas ele me deixa muito feliz porque ele merece. Futebol é talento e profissão. Talento vem de casa e a profissão são as horas que você dedica. Ele corrigiu pontos simples. O que ele trouxe é o indispensável. Era questão de tempo para melhorar na frente do gol ou no posicionamento defensivo – disse Solari, em entrevista ao canal do YouTube “2010MisterChip”.

Vinicius Júnior tem sido o destaque do Real Madrid nessa temporada. O atacante já conta com nove gols e sete assistências em 16 jogos na temporada 2021/22, se consolidando ainda mais como uma estrela no time de Madrid. Este sucesso, levou o atacante à ser chamado pelo técnico Tite, para participar dos próximos jogos da seleção brasileira válido pelas eliminatórias da Copa do mundo.

+Leia mais sobre futebol internacional clicando aqui

O amadurecimento de Vinicius Júnior no processo de incorporação ao clube merengue foi bastante elogiado pelo treinador argentino. Vindo com o status de joia pelo Flamengo, segundo Solari , o jovem poderia chegar com o ego inflado, porém nas palavras do treinador, aconteceu o oposto.

– Me alegra como pessoa. Ele veio com muita humildade. Desceu para o Castilla e já era uma figura no Brasil. Todos os fatores foram dados para que não pensasse em jogar no time B, mas chegou com humildade e se adaptou rapidamente. Foi muito receptivo a aprender com os companheiros e treinadores – concluiu.

Futebol