PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Diego Rosa cumpre cláusula e rende valor milionário ao Grêmio

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

28/10/2021 08h58

O Grêmio garantiu 500 mil euros (R$ 3,1 milhões) sem ao menos entrar em campo. Isso porque Diego Rosa, cria da base do tricolor e vendido em 2020 ao grupo City, cumpriu a primeira cláusula do contrato.

O atleta entrou em campo com o Lommel SK contra o Charleroi, pela Copa da Bélgica, e atingiu a cláusula de 15 jogos com aparência relevante, ou seja, contando jogos como titular ou que tenha entrado antes do término dos 45 minutos iniciais.

Diego Rosa garantiu mais dinheiro ao Grêmio – Foto:Divulgação/Grêmio

Para saber tudo sobre o Grêmio, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram.

Pela transação, o Grêmio recebeu 6 milhões de euros (R$ 38 milhões na cotação da época), parcelados em três vezes: €3 milhões na assinatura do contrato, €2 milhões em janeiro de 2021 e €1 milhão em janeiro de 2022. Além disso, algumas cláusulas como jogos pelo seu primeiro clube na Europa e pelo Manchester City, o maior time do Grupo City.

Ao todo, ativando todas cláusulas, o Grêmio pode receber até 23,5 milhões de euros. O tricolor gaúcho tinha 70% dos direitos do atleta, sendo os outros 30% do Vitória. O atleta foi recentemente convocado para treinos por Pep Guardiola.O atleta ganhou destaque principalmente depois da conquista da Copa do Mundo sub-17, realizada no Brasil em 2019. Logo após a conquista, Diego Rosa foi para a equipe sub-23 do Grêmio. Embora tenha conquistado o apoio da torcida, o jogador não recebeu oportunidade no profissional do clube. Em fevereiro de 2021, o atleta comentou sobre sua saída.

? Eu tinha o sonho de primeiro jogar num time profissional. Mas não tive a oportunidade. Chegou essa proposta, foi melhor para mim, minha família e para o Grêmio. Resolvi seguir meu caminho. Tinha muito jogador bom na minha posição. Foi uma escolha do técnico. Então, vida que segue ? disse.

Futebol