PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Víctor Cuesta se consolida como "garçom" no Internacional

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

27/10/2021 08h00

A temporada de 2021 do Internacional é instável. Após um início promissor, o time decaiu e viu Miguel Ángel Ramírez ser demitido. Depois, chegou Diego Aguirre, que também começou muito bem e agora vê a equipe em baixa. No entanto, em todo esse período, um zagueiro vem conseguindo destaque por um elemento fora do padrão da sua posição, o argentino Víctor Cuesta.

Canhoto, e com bastante experiência no currículo, Víctor Cuesta chegou ao Internacional em 2017. Desde então, já demonstrava qualidade para fazer lançamentos longos. No Copa do Brasil de 2019, por exemplo, cobrou falta rápida, do campo de defesa, e deixou Guerrero livre para marcar, nas costas da defesa.

Para saber tudo sobre Internacional, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

O grande crescimento do zagueiro, no campo ofensivo, todavia acabou se dando nesta temporada. Com maior liberdade para avançar, graças a recomposição com dois volantes, ou do lateral esquerdo, Víctor Cuesta é presença constante no campo ofensivo em ataques do Internacional. Por conta disso, o argentino consegue ser, atualmente, o jogador da posição com maior número de assistências do Brasil em 2021, com 6 passes para gols.

No Campeonato Brasileiro, então, foi onde o zagueiro ganhou destaque. Ao todo, já são quatro assistências de Víctor Cuesta no Brasileirão, além de cinco grandes chances criadas. Esses números o colocam como melhor defensor com estatísticas ofensivas passes, de acordo com o aplicativo “SofaScore”.

Mapa de calor mostra padrão de avanços de Víctor Cuesta pela esquerda. Arte: SofaScore

A jogada, em que Víctor Cuesta costuma aparecer mais, já virou padrão no Internacional. Enquanto o ponta esquerda aprofunda a jogada, o lateral corre em direção ao meio, com isso, se abre um espaço para o zagueiro entrar e buscar o cruzamento, que geralmente ocorre da ponta da grande área. A bola, então, sai rasante, buscando alguém entre a marca do pênalti e a segunda trave. Um bom exemplo desse lance é o que garantiu a vitória no Gre-Nal pelo Brasileirão de 2020, quando Abel Hernández marcou após lançamento primoroso de Víctor Cuesta.

Futebol