PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Funcionários do Cruzeiro começam a receber e cancelam paralisação

Fachada da Toca da Raposa II, centro de treinamento do Cruzeiro - Guilherme Piu
Fachada da Toca da Raposa II, centro de treinamento do Cruzeiro Imagem: Guilherme Piu

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

22/10/2021 15h32

O Cruzeiro deu início ao processo de pagamento dos salários atrasados nesta sexta-feira (22). E os primeiros a receberem foram os funcionários da Raposa que trabalham na Sede Campestre, uma das sedes sociais celestes, que receberam o equivalente a uma folha salarial.

Conforme prometido anteriormente pelo clube, os valores estão sendo pagos de forma gradativa, à medida que acordos com possíveis investidores estão sendo feitos.

A informação foi inicialmente divulgada pelo setorista Adroaldo Leal, da Rádio 98, em suas redes sociais, e confirmada em apuração pelo Esporte News Mundo.

O pagamento ocorreu um dia após o anúncio de greve pelos funcionários das sedes sociais do Cruzeiro. Isso porque, nessa quinta-feira, os profissionais do clube declararam que estavam sem receber há alguns meses e em uma situação insustentável, em que alguns dos funcionários não tinham "nem ovo na marmita para comer".

Os funcionários das sedes sociais anunciaram greve com início neste sábado (23), com duração de três dias. Porém, em reunião com a diretoria do clube, ficou acordado que se o pagamento de uma folha salarial fosse feito nesta sexta-feira, a paralisação estaria cancelada, o que de fato foi feito.

Recentemente, os jogadores do elenco profissional e Sub-20 do Cruzeiro também fizeram um protesto em razão dos salários atrasados, paralisando os treinos por três dias. Agora, já de volta às atividades, os cruzeirenses enfrentam o Avaí nesta sexta-feira, às 21h30, na Ressacada, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Cruzeiro