PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Em entrevista coletiva, Marlon Freitas respondeu a declaração do vice-presidente do Grêmio em relação ao próximo confronto: "cada um fala o que quer"

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

20/10/2021 19h36

Na tarde desta quarta-feira (20), o meia Marlon Freitas concedeu uma entrevista coletiva no CT do Dragão. O jogador se machucou na vitória do Dragão por 1 a 0 contra o Santos, na Vila Belmiro, no dia 25 de julho. Teve sua volta aos gramados na última partida, no triunfo contra o Atlético-MG.

O meio-campista comentou sobre a sua reestreia no último domingo (17), após cerca de dois meses se recuperando de uma lesão no quadril e como foi ajudar o Dragão a sair com os três pontos contra o líder do campeonato.

Foi uma lesão muito difícil. Mas com a ajuda de Deus, da minha família e de todo o staff do Atlético-GO, todos me ajudaram muito nesse processo. Independente do resultado, só de estar ali junto com meus companheiros e estar sentindo aquele frio na barriga novamente para mim já era motivo de vitória. Acabou coroando tudo, né? Poder estar participando e ajudando o time a sair com o resultado positivo diante de uma equipe muito difícil que é a do Atlético-MG.

Meia Marlon Freitas

Marlon Freitas também citou sobre o fim do jejum de dez vitórias no Estádio Antônio Accioly, e ainda de encerrar a invencibilidade de 18 rodadas  do Galo. 

Foi muito importante a vitória. O Atlético-MG estava a 18 partidas sem perder e, depois de uns 2 ou 3 meses em que a gente não vencia dentro de casa. A gente poder voltar a vencer com o apoio do torcedor, e o jogo que fizemos, desde o primeiro minuto concentrado e focado. Agora é seguir e manter os pés nos chão e o foco.

Meia Marlon Freitas

Além disso, o jogador foi perguntado a respeito da declaração do vice-presidente do Grêmio, que determinou a vitória do time no próximo confronto contra o Atlético-GO, que acontecerá na segunda-feira (25), no Estádio Antônio Accioly.

A nossa resposta tem que ser dentro de campo, cada um fala o que quer. A nossa preparação começou depois da partida contra o Atlético-MG. O que vai fazer a gente ganhar o jogo é uma boa semana de trabalho e estar concentrado no dia a dia.

Meia Marlon Freitas

Por fim, o Marlon Freitas comentou, após um pouco mais de dois meses fora dos gramados, sobre a sua possível volta ao time titular e como se sente poder já ajudar a equipe a conquistar o objetivo do Dragão neste final de temporada. 

Eu estou à disposição, mas claro que tem a questão do ritmo de jogo. Mas só de estar ali com eles e, podendo estar de alguma forma estar ajudando e contribuindo, para mim já é motivo de vitória. Mas a questão de entrar em campo, eu deixo para o professor Eduardo e João, que estão fazendo um ótimo trabalho. O importante é estar preparado para quando for acionado, poder dar conta do recado.

Meia Marlon Freitas

Futebol