PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Pablo Siles não quer mais atuar pelo Vitória e trava acordo de pagamento do Athletico por Pedrinho

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

18/10/2021 14h12

O volante do Vitória, Pablo Siles, está no Uruguai e não quer retornar ao Brasil, para atuar pela equipe baiana até o final de 2021. Após sofrer uma lesão, o atleta foi liberado pelo Vitória para retornar ao Uruguai, para visitar parentes em seu país de origem. Entretanto, o jogador não retornou ao Brasil e comunicou que não se apresentará mais ao Vitória. Com a não negociação com o Athletico, o pagamento do Furacão ao Vitória pelo lateral esquerdo Pedrinho, segue interrompido. A informação foi trazida pela jornalista Monique Vilela, da Rádio Banda B

Para saber tudo sobre o Athletico, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Vale lembrar que segundo informações, o único contrato entre Athletico e Vitória, sobre a contratação de Pedrinho, é em um acordo conjunto com a contratação de Pablo Siles, fato que ainda não ocorreu. Siles chegou a ter assinado contrato com o Athletico, mas como o atleta não foi liberado pelo Danúbio, do Uruguai, seu clube de origem, o acordo não foi concretizado. Sem esse acordo, o Furacão segue sem pagar o Vitória pela compra de Pedrinho. O lateral inclusive foi titular no último fim de semana, na derrota para o Fluminense, pelo Brasileirão. 

Athletico e Vitória confirmaram acordo no início deste mês de outubro, após quase dois meses de negociação. O Furacão iria pagar cerca de 10 milhões pelos dois jogadores, nesse valor sendo abatido uma dívida do Vitória com o Athletico (cerca de R$ 3 milhões) e os valores que seriam repassados ao Danúbio, para compra do passe definitivo de Pablo Siles (cerca de mais R$ 3 milhões). Entretanto, o jogador foi para o Uruguai no último dia 8, tinha a volta marcada para o último fim de semana, mas não retornou para a equipe do Vitória.

A negociação entre Athletico e Vitória segue travada. Caso o volante, Pablo Siles, não seja negociado pelo Vitória, existe a possibilidade do Furacão não pagar nada pelo lateral Pedrinho. Após a primeira negociação da compra dos dois jogadores não dar certo, o Athletico aproveitou que Pedrinho ficou livre no mercado e assinou contrato com o jogador até 2026.

Futebol