PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ronald Koeman minimiza pressão que vem sofrendo no Barcelona

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

16/10/2021 11h15

O Barcelona volta a campo neste domingo (17), quando vai encarar o Valencia, no Camp Nou, pela 9ª rodada da LaLiga. A partida será mais uma oportunidade para o técnico Ronald Koeman tentar diminuir a pressão que vem sofrendo no cargo. Para isso, apenas uma vitória interessa ao treinador. Mesmo que muitos nomes venham sendo especulados como substitutos, Koeman preferiu minimizar todo o ambiente ruim que vem se criando sobre ele nos últimos meses.

? Todos temos bons e maus momentos. Estou habituado, na última temporada já se falava em um novo treinador, mas o presidente sempre me apoiou. Tento estar focado apenas no que posso controlar. Estou sempre com os jogadores e faço o melhor para que eles possam estar concentrados e bem preparados em nossos jogos. Isso é o mais importante para mim ? destacou Ronald Koeman durante entrevista coletiva.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Para tentar a vitória, o treinador vai contar com o retorno do argentino Sérgio Aguero. Depois de se recuperar de uma grave lesão na panturrilha direita, o jogador deve ser relacionado pela primeira vez desde que chegou ao Barcelona. Aguero foi um dos destaques durante a semana de treinamentos e agradou a comissão técnica do clube catalão.

Com relação a Ousmane Dembélé, não deve ser desta vez que o Barcelona vai contar com o francês. Mesmo que o atleta já esteja em reta final de preparação após também ter sofrido uma lesão, seu retorno não está garantido. Koeman chegou até a elogiar a vontade do jogador em estar logo disponível, mas a tendência é que ele fique mais alguns dias fora dos jogos.

Um resultado positivo contra o Valencia será importante não apenas para diminuir a pressão sobre Koeman, mas também para dar um novo astral ao Barcelona visando a Liga dos Campeões. Depois de ter perdido os dois primeiros jogos do torneio, o clube catalão recebe o Dinamo de Kiev, da Ucrânia, no próximo dia 20 de outubro, focando em sua recuperação na competição continental.

Futebol