PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Lançador de Abel Ferreira como treinador, Sá Pinto o elogia e enfatiza: "Sua grande característica é o lado estratégico"

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

16/10/2021 08h08

O técnico português Ricardo Sá Pinto rasgou elogios ao compatriota Abel Ferreira que, em menos de um ano, já levou o Palmeiras para duas finais de Libertadores da América. Em entrevista ao Esporte News Mundo, o ex-treinador do Vasco da Gama e homem que ajudou Abel a iniciar sua carreira como treinador, ainda declarou que está na torcida pela vitória do Verdão na decisão do dia 27 de novembro, diante do Flamengo.

“O Abel, na minha opinião, é muito dedicado e prepara muito bem os jogos. Acho que uma das grandes características dele é o lado estratégico, que é o que se preocupa e gosta mais.” Em 2006, os dois foram companheiros no Sporting (POR) por alguns meses. Abel era lateral-direito e Sá Pinto, atacante do clube. Somente o comandante do Palmeiras continuou, já que seu colega transferiu-se para o Standard dè Liege (BEL), onde se aposentou.

“É fantástico o trabalho que ele está desenvolvendo no Palmeiras, com mais uma final de Libertadores. E será extraordinário que possa ganhar pela segunda vez, vamos torcer! Torço e gosto muito dele, sou amigo e desejo muita sorte.” O treinador ainda aproveitou para mandar um recado para o Brasil: “Um abraço para todo o povo brasileiro. Adorei treinar o Vasco e ser treinador no Brasil. Espero voltar um dia.”

As histórias dos dois portugueses vieram a se cruzar novamente em 2011, quando Abel sofreu uma ruptura dos ligamentos cruzados e teve de realizar uma cirurgia no joelho direito. Na época, ele já tinha o desejo de se tornar treinador e Sá Pinto, então treinador do sub-19 do Sporting, o convidou para ficar com ele na comissão técnica acompanhando as partidas. Depois, ele acabou assumindo a equipe durante a parte final do campeonato português da categoria, enquanto o companheiro foi chamado para o time principal. O ex-lateral acabou campeão do torneio e iniciou ali sua carreira na profissão de técnico.

No momento, o treinador está com 49 anos e desempregado, após ter saído do Gaziantep (TUR). Ficou no clube de janeiro até maio deste ano, tendo se retirado, segundo ele, devido à mudança na Presidência do clube. “Na Turquia fomos muito bem, entretanto, houve novamente eleições e eu não continuei devido a isso.”

+Palmeiras deve ter a volta dos três convocados contra o Internacional

Em 14 de outubro de 2020, foi anunciado como treinador do Vasco da Gama, comandando a equipe em 15 partidas. Foi demitido em 29 de dezembro, depois de uma derrota por 3 a 0 para o Athletico-PR, em Curitiba. Ao todo, foram três vitórias, seis empates e seis derrotas pelo Cruz-Maltino.

Os dois chegaram a se enfrentar no dia 8 de novembro, em São Januário, pela 20ª rodada do Brasileirão. O Verdão venceu por 1 a 0, com gol de Luiz Adriano marcado após rebote de um pênalti perdido por ele mesmo.

Em comum, eles têm também boas passagens pelo Braga (POR). Sá Pinto comandou a equipe de julho a dezembro de 2019, sendo responsável pela melhor campanha da equipe na história da fase de grupos da Liga Europa, segunda principal competição do continente. Na fase seguinte, a equipe enfrentaria o Rangers (ESC), mas ele já não estava mais lá. Acabou demitido no final de dezembro mesmo após ter goleado por 4 a 1 o Paços de Ferreira e tendo deixado o time classificado para às semifinais da Taça da Liga, que seria vencida pelo clube um mês depois.

Para saber tudo sobre o Palmeiras, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Já Abel assumiu o Braga em 2017, tendo feito história na temporada 2017-2018, batendo recordes do clube no Campeonato Português. Foram 75 pontos, 101 gols marcados e 33 vitórias, números que ninguém havia alcançado na história braguista, assim como seus 63% de aproveitamento.

Futebol