PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Tricampeonato consolida domínio do Corinthians e mostra que investir no futebol feminino vale a pena

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

27/09/2021 06h00

O título do Campeonato Brasileiro conquistado pelo Corinthians na noite deste domingo (26) significou muito mais que o tri da competição para o Time do Parque São Jorge, o que o tornou o maior campeão brasileiro. A taça também evidenciou a importância do investimento no futebol feminino.

A história do Corinthians com a modalidade é longa, começou no final dos anos 90, mas se estreitou recentemente. Depois de formar parceria com o Audax e assumir a gestão própria da equipe feminina, o Timão passou a dominar de forma categórica o futebol brasileiro.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Com o melhor técnico em atividade no país, jogadoras na Seleção Brasileira e oito títulos conquistados de 2016 para cá, o clube mostra que investir e, principalmente, cuidar do futebol feminino se torna cada vez mais valioso.

Trabalho de Arthur Elias colocou o Corinthians no topo do futebol brasileiro. Foto: Marco Galvão/Agência Corinthians.

A vitória enfática sobre o Palmeiras nos dois jogos das finais e, antes disso, o domínio na primeira fase do Brasileirão deixam isso muito evidente. Um trabalho de captação de atletas de outras equipes, manutenção do elenco e uma base também dominante são as chaves que tornaram o Corinthians uma potência.

+ Atuações ENM: Corinthians confirma vantagem contra Palmeiras e é campeão do Brasileirão Feminino 2021

O próximo passo é ter um Campeonato Brasileiro competitivo como um todo. O Timão deve seguir como favorito para levantar a taça, mas a edição de 2021 deixou claro que os clubes passaram a tratar a modalidade com mais carinho, em vez de ser considerada um fardo, embora ainda haja muito espaço para evoluir.

Com um Coritnhians forte, um Palmeiras que mostrou potencial para desbancar o rival, times tradicionais, como Santos e Ferroviária buscando a retomada de seus melhores momentos, o crescimento de Inter e Grêmio, e a chegada de Red Bull Bragantino e Atlético-MG têm tudo para ajudar no crescimento e desenvolvimento do futebol feminino no Brasil num futuro próximo.

Futebol