PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Marcão elogia atuação do Fluminense e celebra recorde como técnico: 'Honrado'

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

26/09/2021 20h15

Marcão escreveu mais um capítulo de sua história no Fluminense. Em jogo válido pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Tricolor venceu o Red Bull Bragantino por 2 a 1, na tarde deste domingo, no Maracanã, e se manteve na briga por uma vaga no G-6. Com mais uma vitória, o treinador chegou a 16 jogos de invencibilidade e superou a marca de Muricy Ramalho, em 2010.

Foi o 16º jogo de invencibilidade de Marcão no comando do Fluminense somando a passagem após a saída de Odair Hellmann na última temporada e a atual no lugar de Roger Machado. Em 2010, Muricy ficou 15 jogos invicto na campanha do título brasileiro e, até então, era a maior sequência de vitórias de um treinador no comando do clube.

– Temos que dividir tudo com a comissão técnica, estafe e, principalmente, os jogadores. Nosso time é muito bom e sabe dividir todos os momentos. Formamos um grupo maravilhoso. É realmente uma família. Certamente ninguém consegue nada sozinho. Todos estão envolvidos. Me sinto lisonjeado e honrado de escrever mais uma página no Fluminense – disse o treinador.

Fred superou Romário e se tornou o segundo maior artilheiro da história do Brasileirão com 155 gols (Foto: Lucas Merçon/FFC)

Marcão não foi o único que escreveu uma nova página na história do Fluminense. Fred também escreveu. O camisa 9 marcou o gol que abriu o caminho para a vitória sobre o Red Bull Bragantino e se tornou o segundo maior artilheiro da história do Campeonato Brasileiro com 155 gols, superando Romário, com 154. Roberto Dinamite, com 190, lidera a lista.

– É especial demais viver esse momento junto com ele. Merece o mundo. É um líder nato, excelente de vestiário e usa essa experiência toda com os meninos (da base). Estamos muito felizes de participar desse momento ao lado dele – declarou Marcão.

Com a vitória sobre o Red Bull Bragantino, o Fluminense subiu para o oitavo lugar, com 32 pontos. O Tricolor volta a campo no próximo domingo, contra o Santos, às 18h15 (de Brasília), na Vila Belmiro, em jogo válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Confira outros trechos da coletiva de Marcão:

Disputa entre Calegari e Samuel Xavier

– Calegari fez mais um grande jogo. É um jogador que entende muito a partida. Antes do jogo, pedi para ele passar o que enxergava da posição e se comunicar com os companheiros. Vamos analisar durante a semana quem vai jogar. São duas ótimas peças. Se for o momento dele, vamos oportunizar.

Nonato

– Ele fez alguns jogos com boa movimentação e está pedindo passagem. Temos André, Martinelli e Yago, e sempre que optarmos por jogar com três volantes, vamos tentar entender o adversário por característica de jogador. Esse jogo entendemos que era melhor utilizar o Nonato. E ele fez um grande jogo. Martinelli também entrou bem. Acredito que vamos trabalhar muito bem com essas peças que temos.

Fred

– É muito simples e fácil definir o Fred. Todo treinador sonha em ter um cara que entende o jogo e faz a leitura (do adversário). Conversamos muito durante a semana, de que maneira podemos ganhar os jogos e quais opções de ataque. E o Fred faz isso o tempo todo. Ele está ligado em todos os detalhes, chama os meninos para perto e orienta. Essa mescla que temos no Fluminense, com jovens valores de Xerém e a experiência de jogadores como o Fred, é muito boa. Os meninos entendem, escutam e executam. Por isso o Fred é muito importante no vestiário e no campo.

Libertadores

– Temos que pensar jogo a jogo. Vamos pensar no próximo adversário, no que eles têm de bom, no que deixamos de fazer e no que podemos fazer no próximo jogo. Vamos deixar a calculadora um pouco para frente. Vamos fazer o melhor que a gente pode a cada jogo, com a certeza de que se conseguirmos manter a boa performance e bons resultados, vamos ter uma situação bem legal para todos nós.

Futebol