PUBLICIDADE
Topo

Futebol

De solução a problema: Hazard vê coadjuvantes crescerem e vira última opção no Real Madrid

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

25/09/2021 18h20

Contratado para ser a grande estrela do Real Madrid pós-Cristiano Ronaldo, Eden Hazard não consegue engatar uma sequência na equipe. Desde sua chegada em 2019, o belga sofreu com lesões, dificuldade na adaptação e agora vê concorrentes ganharem destaque com Carlo Ancelotti. Isso tudo faz com que o camisa 7 vire uma grande interrogação no Santiago Bernabéu.

Desde a chegada ao Real Madrid, Hazard ficou de fora por 13 vezes por motivos de saúde. Seja por lesões e até mesmo a infecção por Covid-19, o belga perdeu 59 jogos e não consegue engatar uma sequência convincente pela equipe. Antes tratado como o grande astro da reconstrução madridista, o camisa 7 virou uma incógnita, principalmente com a ascensão de jovens que eram considerados coadjuvantes.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Se Vinícius Junior e Rodrygo eram peças para o futuro e claramente reservas diante de Hazard, a situação mudou completamente. Hoje, o primeiro virou titular absoluto com grandes atuações principalmente na La Liga. O ‘Rayo’ também tem seus destaques em partidas na Champions League e vem ganhando ainda mais tempo entre os 11 iniciais. Até outros jogadores como o recém-chegado Camavinga e Marco Asensio estão somando pontos preciosos com o treinador enquanto o belga busca entrar em forma.

Em sua terceira temporada, Hazard soma apenas 60 jogos e cinco gols pelo Real Madrid. Ainda aprimorando a forma física, o belga atuou apenas cinco vezes, todas na La Liga, e não chegou a completar uma partida inteira. Com um ataque cada vez mais potente e ajustado, um novo time galatico parece estar sendo formado com os jovens nas pontas e Benzema no centro. Isso faz com que 22 gols tenham surgido rapidamente com o francês em grande fase e Vini Jr. se mostrando cada vez mais a vontade no Bernabeu.

Contra o Villarreal, o belga entrou em campo, mas também pouco pode fazer. Em um duelo muito equilibrado diante do Submarino Amarelo, o atacante entrou no lugar de Modric e atuou por 17 minutos, mas sem nenhum destaque que pudesse tirar a igualdade do placar.

Sem Hazard, o Real Madrid vai sobrevivendo muito bem e lidera a La Liga com folga até aqui. Em sete jogos, a equipe somou 17 dos 21 pontos possíveis e possui três de vantagem contra o Sevilla, que tem um jogo a menos. Na Champions League, a vitória por 1 a 0 contra a Inter de Milão deu ao time de Carlo Ancelotti a liderança do grupo, tudo isso com as jovens estrelas sendo protagonistas.

Futebol