PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jon Jones é preso em Las Vegas acusado de violência doméstica

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

24/09/2021 17h32

E Jon Jones voltou mais uma vez a figurar nas páginas policiais. O ex-campeão do UFC foi detido em Las Vegas (EUA) acusado de violência doméstica segundo detalhes da ESPN americana e do MMAFighting.

Jones, que está na cidade onde participou do evento onde sua luta contra Alexander Gustafsson em 2013 foi colocada no Hall da Fama do Ultimate, A prisão de ‘Bones’ aconteceu, segundo as fontes, em um hotel por volta das 5h45 (horário local) no Strip, onde ficam grande parte dos cassinos de Las Vegas.

Os detalhes do que envolveu a prisão do lutador não foram divulgados, mas o boletim de ocorrência de Jones já circula entre as redes sociais. Nele consta uma acusação de violência doméstica em primeiro grau e lesão ou ‘tampering’ com veículo. Esta última acusação pode envolver uma série de infrações que vão de roubo de itens até mesmo adulterar veículos com intenção de causar lesões em pessoas.

Jones esteve presente na cerimônia do Hall da Fama do UFC ao lado da esposa Jessie Moses e de suas três filhas com a mulher. E fez um discurso exaltando a presença da mulher ao seu lado nos principais momentos da carreira e até mesmo fez confissão de que estaria longe do álcool.

A fiança estimada pelas duas acusações é de US$ 8 mil (mais de R$ 42 mil). ‘Bones’ terá neste sábado (25) audiência num tribunal de Las Vegas e sua detenção será pelas próximas 12 horas, segundo informações.

Jon Jones e seus problemas com a polícia

O ex-campeão dos meio-pesados do Ultimate tem um longo histórico de problemas com a lei. Em 2015, se envolveu um acidente enquanto diria em Albuquerque, no Novo México, onde mora e treina. Na colisão com o carro de uma mulher grávida, acabou fugindo do local e teve seu cinturão cassado pelo UFC.

Além disso, Jones também foi preso em 2020, também no Novo México, por dirigir embriagado e ‘uso negligente de arma de fogo’ . Antes, em 2019, fora detido por assediar uma dançarina de uma boate em 2012, por bater com o carro numa árvore. Isto sem mencionar os diversos problemas com o antidoping, sendo pego em várias oportunidades.

Jon Jones está se preparando para tentar sua estreia entre os pesos-pesados do UFC, onde não luta desde o UFC 247, quando venceu Dominick Reyes. Em entrevista feita na cerimônia do Hall da Fama, ‘Bones’ revelou os planos de voltar a lutar em 2022.

Futebol