PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Bia Menezes fala sobre defender a camisa do Santos: "um sonho de menina"

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

21/09/2021 17h21

Nesta terça-feira (21), o Santos divulgou em suas redes sociais trechos da live realizada com a jogadora Bia Menezes no último domingo (19), em uma transmissão pré-jogo da partida entre Santos e Ceará. Em meio à conversa a jogadora comentou sobre o início de sua trajetória no futebol, lembrando das dificuldades enfrentadas.

? Como toda menina a gente sempre começa jogando com os meninos, e aí acaba rolando aquele velho preconceito que nos motiva a estar lutando todos os dias. Dentro da minha família a minha maior incentivadora é a minha mãe, ela foi a mulher que sempre me apoiou em tudo. Às vezes ela pegava o dinheiro do transporte que recebia, ia andando para o trabalho e me dava para eu poder ir para o treino, então a minha mãe é a minha maior incentivadora. O meu pai tinha muito preconceito, ele sempre dizia que futebol era coisa de homem, e eu pulava o portão de casa para ir jogar bola. Meu pai trabalhava de noite, então ele chegava do trabalho e ia dormir. Eu aproveitava e seis horas da manhã eu pulava o portão e ia para a quadra ? disse Bia Menezes

QUER FICAR POR DENTRO DE TUDO SOBRE AS SEREIAS DA VILA? ENTÃO SIGA O ESPORTE NEWS MUNDO NO TWITTERINSTAGRAM E FACEBOOK. E NÃO SE ESQUEÇA DE SE INSCREVER NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE!

A atleta falou ainda sobre o início de sua profissionalização enquanto jogadora de futebol e o processo até conseguir atingir essa marca em sua carreira.

? Eu sou natural de São Bernardo do Campo, então eu entrei São Bernardo, foi a primeira escolinha feminina que eu entrei. Foi o São Bernardo que abriu as portas para mim, e eu tinha uma treinadora, a Jaque Dias, ela era jogadora na época e ela também fazia parte do projeto social que tinha em São Bernardo, o Projeto Tigrinho, que foi um projeto que levou vários meninos e meninas a se tornarem jogadores de futebol, e de lá ela me levou para o Centro Olímpico, que é o maior centro de formação de futebol feminino do Brasil. Com o Centro Olímpico eu cheguei às categorias de base da Seleção Brasileira, e de lá eu fui para o Audax, onde eu me profissionalizei ? declarou a jogadora das Sereias da Vila.

Bia falou ainda sobre como é estar no elenco as do alvinegro praiano: “Era um sonho de menina jogar no Santos Futebol Clube sabendo da história que tem as Sereias da Vila, com muitos títulos de Libertadores, de Campeonato Brasileiro e de Campeonato Paulista”.

Por fim, quando perguntada sobre o momento em que percebeu que o futebol poderia ser o seu futuro, Bia Menezes relembrou sua fase enquanto atleta do Centro Olímpico, ressaltando ainda a importância de estar representando o Santos.

? Quando eu entrei no Centro Olímpico. Ali eu vi que era aquilo que eu queria para a minha vida, para a minha carreira, que era ser jogadora de futebol. Por mais difícil que fosse eu tinha em mente que era aquilo que eu queria para a minha vida, e graças a Deus eu tenho conseguido. Hoje eu estou em um grande clube, sou muito feliz aqui e espero conquistar muitos títulos com a camisa do Santos ? concluiu Bia Menezes.

Leia mais:

+Com golaço de Marta, Brasil goleia Argentina em novo amistoso feminino

+Bruninha fala de sua estreia pela Seleção principal: "a gente fica muito feliz"

+ Após vitória da Seleção Feminina, jogadoras falam sobre o foco em trabalhar o setor ofensivo da equipe

+CBF altera horário da decisão do Brasileirão Feminino entre Corinthians e Palmeiras

Futebol