PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Bahia acumula quinto empate no Brasileirão e se arrasta na fuga de perto do Z4

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

19/09/2021 21h45

A vigésima primeira rodada vai se encerrando e o Bahia acumula apenas 23 pontos, sendo 18 pontos conquistados após seis triunfos no campeonato, dez derrotas e cinco empates. Coincidentemente, o primeiro empate do Tricolor foi com o RB Bragantino, em um jogo bem emocionante no estádio Nabi Abi Chedid, em 3 a 3.

LEIA MAIS | Rodallega marca golaço de bicicleta, mas Bahia empata com Red Bull Bragantino

De lá para cá, o Esquadrão empatou com o Corinthians, Cuiabá, Santos e novamente com o Bragantino. Desses duelos, o Bahia desperdiçou duas chances de sair vencedor dentro de casa, dos seis pontos possíveis, saiu apenas com dois. 

Pelo lado negativo, o Tricolor já perdeu em dez oportunidades. O pênalti polêmico marcado no primeiro tempo entre Bahia e Internacional marcou a primeira derrota no campeonato. A segunda melhor partida do time no Brasileiro, mas com gosto amargo da derrota para o Palmeiras por 3 a 2 no Allianz Parque, partida na qual o atacante Maycon Douglas marcou pela primeira vez vestindo a camisa do clube baiano. 

– Sabia que seria um jogo difícil, Palmeiras muito qualificado. Infelizmente não saímos com o triunfo, manter a mesma pegada que na quarta temos novo jogo. É uma felicidade enorme vestir a camisa do Bahia, marquei meu primeiro gol e me emocionei – disse.

O que poderia ser mais um triunfo se transformou na terceira derrota dentro de casa. O América-MG abriu 4 a 1 no placar do jogo, mas o time só esboçou reação no final do segundo tempo, onde ninguém dava mais nada para partida, Gilberto marcou aos 47 e 48 minutos, só que já era tarde demais. Ao final da partida, Gilberto argumentou.

– Falar de um jogo que a gente não conseguiu ser intenso como somos normalmente, acho que daí é praticamente 90% do que aconteceu hoje, e os outros 10% são coisas que acontecem no jogo, normal. Os caras estavam com duas linhas bem montadas, bem justas e para entrar a gente precisava se movimentar bastante. Nesse tipo de jogo a gente não pode nem pensar em não ter intensidade – comentou o atacante.

O resultado na décima primeira rodada, onde o Bahia perdeu para o São Paulo por 1 a 0, no Morumbi, foi o ponta pé inicial do declínio do clube no Brasileirão. A terrível goleada para o Flamengo por 5 a 0, em Pituaçu, duelo que marcou a estreia de Renato Gaúcho na competição, mas que mostrou grandes falhas defensivas no sistema tático do Bahia.

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

E não parou por ai, o duelo contra o Atlético-MG não deixou boas lembranças, no primeiro jogo às 11h de um domingo, Hulk (2) e Nathan deixaram os deles, 3 a 0. Matheus Galdezanni comentou sobre os placares elasticos desses dois jogos e a falta de gols no ataque Tricolor.  

– Muito difícil perder dois jogos tomando muitos gols. A gente não queria. Estamos pecando. Detalhes que estamos errando e sofrendo esses gols. Ainda mais contra times como Flamengo e Atlético-MG. Não pode – disse Galdezani.

Para saber tudo sobre o Bahia, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

O Bahia também perdeu para o Sport, Atlético-GO, onde logo após o técnico Dado Cavalcanti foi demitido. O Grêmio e o Fluminense também entram nessa lista. O Tricolor chegou a se tornar o time com a pior defesa do Brasileirão. Atualmente, está como a segunda pior defesa, com 33 gols sofridos, logo atrás da Chapecoense, o lanterna, com 34 gols sofridos. 

Com o resultado dessa 21ª rodada, em 1 a 1 com o RB Bragantino, o Bahia segue por perto da zona de rebaixamento, com apenas um ponto de diferença para o 17º colocado. Diego Dabove está implementando o seu estilo no time, mas o Tricolor baiano precisa obter bons resultados para conseguir, ao menos, a classificação para a Copa Sul-Americana.

Futebol