PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Diretor Executivo diz que vai cobrar atletas do Juventude

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

18/09/2021 22h06

Neste sábado(18), O Diretor Executivo do Juventude concedeu entrevista coletiva após o revés contra o Athlético-PR, segundo Marcelo Barbarotti os jogadores tem que se recuperar, e vão ser cobrados por melhores resultados no Campeonato Brasileiro. O papo pode entrar no Z4 ainda nessa rodada.

Para saber tudo do Juventude, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook. E se inscreva no nosso YouTube!

-Olha, a gente pode entrar no G4 nessa rodada dependendo dos resultados que possam vir acontecer, a gente tem que trabalhar! Não existe motivação melhor que estar disputando uma séria A e tendo chance de lutar por coisas maiores. Nós vamos trabalhar muito, vamos cobrar os atletas e estudar a equipe do Santos. O Santos joga hoje, nós vamos ver o que estará acontecendo na partida deles. Preparar mais uma semana, nossos atletas correram mais que o normal, então, precisamos recuperar esses atletas e nós preparar para mais uma batalha. São todos os jogos que precisamos nos preparar para vencer e esse vai ser mais um deles.

Quando perguntado como amenizar um possível efeito em um possível entrada no Z-4 nessa rodada, Marcelo disse que o segredo é trabalhar para corrigir os erros.

-A gente está trabalhando muito no geral, nossa equipe competiu muito, lutou muito e nessas condições sair com resultado negativo é muito desgastante física e mentalmente. Então, nós vamos trabalhar, já iniciamos esse processo no vestiário a gente sabe que tem que cobrar. Mas já tem que se preparar visando o próximo jogo, ter cabeça no lugar, atacar os problemas, mas com inteligência.

Marcelo foi questionado ser iria punir Rafael Forster pela entrada imprudente no primeiro tempo, o executivo afirmou que vai analisar a questão com calma com a diretoria.

– Sem duvida! Uma expulsão hoje no futebol, com a velocidade que se joga, jogar com um a menos é dificílimo conseguir sustentar resultado. Nós passamos por isso em poucas oportunidades, mas passamos. Sim, é assunto que tem que ser tratado, com a diretoria de maneira serena. Não após o jogo de cabeça quente. Estudar e olhar o lance e a gente vai ter uma conversa com a atleta após essa discussão entre os membros da diretoria.

Futebol