PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Classificado para a 2ª fase, Mazola mantém pés no chão e mira melhora do Ituano

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

17/09/2021 10h47

Apenas uma derrota em catorze jogos, esse é o retrospecto do Ituano após a chegada do técnico Mazola Júnior. Tal histórico, faz com que o Galo de Itu esteja na segunda colocação do grupo B, com 31 pontos, dois a menos que o líder, Novorizontino, e classificado para a segunda fase da Série C.

Após iniciar a Série D com duas derrotas, Mazola chegou e tratou de engatar nove vitórias, quatro empates e uma derrota, tendo 75% de aproveitamento dos pontos conquistados e 100% dos pontos conquistados pela equipe até aqui. Com mais dois jogos pela frente para finalizar a fase de grupos, a ideia do treinador é se manter na ponta para ter vantagem no mata-mata.

"Não penso muito nesse aproveitamento, penso que já estamos classificados e que precisamos manter, no mínimo, esse segundo lugar. Dessa forma, iremos jogar os jogos decisivos em casa, o que é uma grande vantagem, por isso pensaremos jogo a jogo para garantir essas primeiras colocações" – comentou o treinador.

Para ficar por dentro de tudo que acontece no mundo do esporte, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Mas, quem vê a situação atual, não imagina o projeto por trás, para que o clube se encontre nesse bom momento. A chegada de Mazola trouxe o "espírito de Série B" para a equipe, algo que o treinador faz questão de mencionar.

"Eu sou um cara que tenho uma identidade com a Série B, foi por lá onde dirigi mais jogos com os times, portanto, esse foi o espírito que tentei trazer quando cheguei, pegamos alguns jogadores sem espaço na segunda divisão, trouxemos e eles assimilaram bem a pegada e os nossos objetivos por aqui" – Mazola ainda completa dizendo que o bom trabalho de Vinícius Bergantim, ex-Ituano, também ajudou para chegar e colocar essa "pitada" de Série B.

Agora, com o quadrangular cada vez mais perto de chegar, Mazola tem como único objetivo, o acesso.

"O objetivo, a partir do momento em que classificamos, é o acesso. De nada vai adiantar todo esse percentual, a boa campanha na primeira fase, se não conseguirmos subir de divisão. Temos que pensar jogo a jogo, lógico, mas se o acesso não vier, nada do que fizemos vai valer."

Nas últimas duas rodadas da primeira fase, o Ituano enfrenta o Ypiranga (3º colocado) e o Botafogo-SP (6º colocado). A próxima rodada é essencial para assegurar a segunda colocação do grupo, em casa, contra a equipe do Sul, em caso de empate ou derrota, pode ver a vantagem de jogar em casa, mais longe.

Futebol