PUBLICIDADE
Topo

Barcelona

Dirigente do Bayern lamenta fase do Barcelona: 'Estão sem alma'

Jogadores do Barcelona após a derrota por 3 a 0 contra o Bayern de Munique na Liga dos Campeões - REUTERS
Jogadores do Barcelona após a derrota por 3 a 0 contra o Bayern de Munique na Liga dos Campeões Imagem: REUTERS

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

15/09/2021 10h47

No jogo de abertura do grupo E da Liga dos Campeões, o Bayern de Munique não tomou conhecimento e venceu o Barcelona por 3 a 0, em pleno Camp Nou. A partida desta terça-feira (14), acabou deixando exposta a diferença entre os clubes e a grande queda técnica que o Barcelona sofreu nos últimos anos com a saída de jogadores importantes. Em crise financeira, o clube catalão precisou apostar em jovens e acabou perdendo um pouco da sua identidade, algo que foi destacado por Karl-Heinz Rummenigge, diretor geral do Bayern de Munique.

Após a vitória de sua equipe, Rummenigge lamentou o momento que vive o Barcelona e destacou que os catalães perderam a alma vibrante e de grande competitividade que sempre demonstraram nos jogos. Para o dirigente alemão, o Barça está vivendo uma das fases mais negativas de sua história.

"Se olharmos para a equipe do Barcelona, para o desempenho tático, fica muito claro que sem Messi eles perderam a alma. Vivem tempos muito difíceis, principalmente na questão financeira e então tiveram que se desfazer do principal jogador do elenco. Nós jogamos melhor e merecemos a vitória, mas ainda é muito cedo para falar de favoritismo dentro do grupo", disse Rummenigge, que descartou que o Bayern tenha feito qualquer tentativa para contratar Messi.

"Esse assunto nunca foi colocado em nossa mesa. Sequer pensamos nessa possibilidade de contratá-lo. Apenas acompanhamos tudo de longe", finalizou o dirigente do clube alemão.

Como o jogo entre Dínamo de Kiev e Benfica terminou em um empate sem gols, o Bayern de Munique lidera o grupo E da Liga dos Campeões. O próximo jogo do time alemão será no dia 29 de setembro, quando recebe o Dínamo de Kiev, na Arena de Munique, às 16hs (de Brasília).

Barcelona