PUBLICIDADE
Topo

Vôlei

Sem Douglas Souza, Brasil é convocado para o Sul-Americano de Vôlei

Douglas Souza comemora ponto com Wallace durante estreia do Brasil no vôlei masculino da Tóquio-2020 - Gaspar Nóbrega/COB
Douglas Souza comemora ponto com Wallace durante estreia do Brasil no vôlei masculino da Tóquio-2020 Imagem: Gaspar Nóbrega/COB

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

13/08/2021 09h30

Após o quarto lugar nas Olimpíadas de Tóquio 2020, o Brasil tem um novo desafio no vôleibol. O técnico da Seleção Brasileira Masculina de Vôlei, Renan Dal Zotto, definiu os 14 jogadores que disputarão o Campeonato Sul-Americano, em setembro.

A competição é classificatória para o Mundial que acontece no ano que vem. Campeão e vice garantem classificação.

Os convocados:

Levantadores: Bruninho e Fernando Cachopa;
Opostos: Alan e Aboubacar;
Ponteiros: Lucarelli, João Rafael, Vaccari e Adriano;
Centrais: Lucão, Isac, Flávio e Cledenilson;
Líberos: Thales e Maique.

Ausência de Douglas Souza

O ponteiro Douglas Souza está de malas prontas para jogar na Europa e não estará com a seleção brasileira. Com o desmanche e a extinção do Vôlei Taubaté, o atleta jogará no Vibo Valentia, da Itália.

"Estou em um momento prestes a viver a experiência de morar fora do Brasil pela primeira vez e estou muito feliz com essa oportunidade. Tenho uma série de coisas para organizar e esse é um período que preciso me dedicar à vida pessoal. Vou estar na torcida, acompanhando a seleção e desejo boa sorte a todos", afirmou Douglas.

A competição será disputada desde o primeiro dia de setembro até o dia 5, na capital federal, Brasília. Como participantes, o evento terá as seleções de Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Peru e Venezuela. A seleção brasileira, que vai atrás do seu 33º título em 34 edições da competição, vai contar com a volta de João Rafael:

"O Brasil sempre chega com uma responsabilidade muito grande em todas as competições e no Sul-Americano não é diferente. Estou muito feliz em ser convocado novamente. A Liga das Nações foi um campeonato muito especial, que me deu mais uma bagagem muito interessante. E agora vamos com tudo em busca de mais essa conquista", disse João Rafael.

Depois de um período de cerca de 10 dias de descanso após as Olimpíadas, a seleção brasileira se apresenta em Saquarema, no Rio de Janeiro, na próxima terça-feira (17), para treinar. O Brasil encara o Peru, dia 1º de setembro, às 19h (Brasília), e depois pega a Venezuela, no dia seguinte, no mesmo horário.

Vôlei