PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Grã-Bretanha se junta a boicote diplomático aos Jogos de Inverno em Pequim

08/12/2021 19h54

Londres, 8 dez (EFE).- O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, anunciou nesta quarta-feira que a Grã-Bretanha aderiu ao boicote diplomático dos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, em fevereiro do ano que vem, juntando-se a Estados Unidos e Austrália.

Em discurso ao Parlamento nesta quarta, Johnson confirmou a medida, embora tenha feito questão de dizer que usualmente não é a favor de tais práticas.

Segundo o premiê, a decisão é uma resposta às "repetidas violações dos direitos humanos" que ocorreram no país asiático. O mais recente é o desaparecimento da tenista Shuai Peng, que há pelo menos um mês não se sabe se está em liberdade. Ela tem aparecido em público apenas em vídeos da imprensa oficial chinesa desde que denunciou abusos sexuais por parte de Zhang Gaoli, vice-primeiro-ministro chinês entre 2012 e 2017.

Depois que os EUA anunciaram um boicote diplomático aos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Inverno na última segunda-feira, a China se posicionou em tom de ameaça e disse que Washington "pagaria um preço" pela iniciativa. EFE

Esporte