PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Gabriel Martinelli é único brasileiro que segue no Prêmio Golden Boy

16/09/2021 21h06

Roma, 16 set (EFE).- O atacante Gabriel Martinelli, do Arsenal, é o único brasileiro que figura na lista divulgada nesta quinta-feira de 40 que seguem na disputa pelo Prêmio Golden Boy, concedido pelo jornal esportivo italiano "Tuttosport" ao melhor jogador com menos de 21 anos de 2021.

O paulista, de 20 anos, era um dos cinco nascidos no Brasil que estavam na primeira relação de indicados a receber a honraria, que foi vencida no ano passado pelo atacante norueguês Erling Haaland, do Borussia Dortmund.

No entanto, os atacantes Rodrygo, do Real Madrid; Marcos Paulo, do Atlético de Madrid; Luis Henrique, do Olympique de Marselha, e o meia Reinier, do Borussia Dortmund, acabaram não sendo incluídos na lista de 40 finalistas do prêmio.

Entre os favoritos a ser reconhecido como pelo Golden Boy neste ano estão o meia francês Eduardo Camavinga, recém-contratado pelo Real Madrid, e o meia-atacante Pedri, do Barcelona, vice-campeão olímpico e semifinalista da Eurocopa com a seleção espanhola.

O prêmio é entregue pelo "Tuttosport" desde 2003 e teve dois brasileiros entre os vencedores, o meia Anderson, então no Manchester United, em 2008, e o atacante Alexandre Pato, então no Milan, no ano seguinte.

A votação está aberta atualmente no site da publicação. Os 20 jogadores que contarem com mais preferência entre os fãs avançarão para a lista final. A partir daí, 40 jornalistas dos principais veículos especializados da Europa escolherão o premiado.

Esporte