PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Contrato de Messi inclui Fan Tokens, divulga Paris Saint-Germain

12/08/2021 14h21

Paris, 12 ago (EFE).- O recém-assinado contrato do atacante argentino Lionel Messi com o Paris Saint-Germain contém a inclusão Fan Tokens, ativos digitais criados pela rede de blockchain Chiliz $CHZ e que oferecem aos fãs vantagens vinculadas a clubes e organizações, informou nesta quinta-feira o clube francês, por meio de comunicado.

"Essa iniciativa coloca um pouco mais o PSG como uma das marcas esportivas mais inovadoras e vanguardistas", aponta a nota, que não precisou a quantidade disponibilizada.

Segundo o PSG, estes ativos digitais "criam um vínculo imediato" entre o jogador e milhões de fãs ao redor do mundo".

O interesse que Messi despertou no mercado fez com que, nos dias anteriores ao anúncio de sua contratação, oficializada nesta quarta-feira, o volume de trocas de Fan Tokens do PSG superasse o montante de US$ 1,2 bilhão (R$ 6,24 bilhões).

Mais de 40 instituições esportivas de alto nível usam a plataforma para fidelizar torcedores, em lista que inclui o Barcelona, a Juventus, o Manchester City, além das seleções argentina e portuguesa, entre outras.

"O PSG colhe os frutos de seu enfoque inovador, e estou convencido que será o início de uma nova tendência, afirmou Alexandre Dreyfus, CEO da Chiliz e do site "socios.com", que criaram os Fan Tokens.

Em comunicado, o clube parisiense indicou que a primeira vez que os ativos digitais são incluídos em um contrato desta magnitude.

O Paris Saint-Germain não divulgou o salário do jogador, mas o jornal "Le Parisien" apontou que Messi receberá 41 milhões de euros (R$ 250,2 milhões), valor que o clube desmentiu.

Esporte