PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Fernando Scheffer é bronze nos 200m livre; Leo de Deus chega a final

27/07/2021 05h31

Tóquio, 27 jul (EFE).- Após ter passado em branco na piscina de casa, nos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016, a natação brasileira conquistou nesta terça-feira sua primeira medalha em Tóquio 2020 Fernando Scheffer, bronze nos 200 metros nado livre, enquanto Leonardo de Deus se classificou para a final dos 200m borboleta).

Scheffer se classificou na oitava posição nas semifinais, a última a garantir um lugar na decisão, e da raia 8 marcou o tempo de 1min44s66. O gaúcho de 23 anos chegou a virar em segundo lugar nos 100m e nos 150m, mas perdeu força e ficou em terceiro.

À frente do brasileiro, houve dobradinha do Reino Unido: Tom Dean obteve o ouro com a marca de 1min44s22, apenas 0s06 à frente de Duncan Scott, medalha de prata.

Foi a primeira medalha do Brasil em provas de piscina na natação desde a prata de Thiago Pereira nos 400m medley e o bronze de César Cielo nos 50m livre em Londres 2012. Em 2016, Poliana Okimoto ganhou o bronze nos 10 quilômetros da maratona aquática, prova disputada em águas abertas.

LEO DE DEUS AVANÇA EM 2º NOS 200M BORBOLETA.

Outro grande desempenho de um brasileiro no Centro Aquático de Tóquio foi de Leo de Deus, que se classificou para a final dos 200m borboleta com o segundo melhor tempo das semifinais.

Leo obteve a marca de 1min54s97 atrás apenas - tanto na bateria quanto nas semifinais como um todo - do húngaro Kristóf Milák. O recordista mundial da prova marcou o tempo de 1min52s22, a 0s19 do recorde olímpico, de Michael Phelps.

Esporte