PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Velório de Maradona se estende em meio a incidentes no entorno da Casa Rosada

26/11/2020 19h19

Buenos Aires, 26 nov (EFE).- O velório de Diego Maradona na Casa Rosada será prolongado por mais três horas do que inicialmente previsto, em meio a incidentes no entorno do local entre a polícia e as milhares de pessoas que querem entrar na sede do governo argentino para dar um último adeus ao ídolo.

De acordo com a Presidência argentina, a capela-ardente na Casa Rosada estará aberta ao público até as 19h (local e de Brasília). Inicialmente, a previsão era encerrar o rito às 16h.

Milhares de pessoas têm chegado ao local desde as 6h desta quinta para ver o corpo de Maradona, guardado em caixão fechado em uma das salas principais da Casa Rosada, onde também estiveram presentes figuras esportivas, culturais e políticas.

A fila de fãs que queriam dar adeus ao camisa 10 se estenderam por quase 2 quilômetros, e houve incidentes com a polícia quando alguns torcedores tentaram entrar antes da hora, inclusive derrubando barreiras de segurança.

O corpo de Maradona será enterrado no cemitério Jardin Bella Vista, a cerca de 40 quilômetros da capital argentina. Ali estão os pais do ídolo, Diego Maradona e Dalma Salvadora Franco, popularmente conhecidos como 'Don Diego' e 'Doña Tota', que morreram em 2015 e 2011, respectivamente.

A Presidência argentina informou que o cortejo fúnebre com o corpo partirá da Casa Rosada e percorrerá a Avenida 9 de Julio, a principal artéria de Buenos Aires, até a rodovia 25 de Mayo, e depois o Acceso Oeste. EFE

nk/dr

(foto) (vídeo)

Esporte