PUBLICIDADE
Topo

Dois russos campeões olímpicos são acusados por infrações ligadas ao doping

27/03/2020 22h05

Redação Central, 27 mar (EFE).- Andrey Silnov e Natalya Antyukh, campeões olímpicos em 2008 e 2012, respectivamente, são dois dos quatro atletas da Rússia contra quem a Unidade de Integridade do Atletismo apresentou acusações por infrações relacionadas ao doping.

Silnov foi de medalha de ouro no salto em altura em Pequim, na China, 12 anos atrás. Já Antyukh ganhou a prova dos 400m com barreiras em Londres, no Reino Unido, quatro anos depois.

Ambos foram acusados como parte dos resultados da investigação realizada pela Agência Mundial Antidoping, sob a coordenação do advogado canadense Richard McLaren.

O ex-saltador, que foi vice-presidente da Federação Russa de Atletismo até o mês passado, teria utilizado substâncias proibidas.

Outras acusadas estão Yelena Sobolova, vice-campeão dos 1.500 metros, em pista coberta, em 2006, que tinha antecedentes de manipulação de provas, além da lançadora do martelo Oksana Kondratyeva. As duas estão aposentadas.

Os casos de cada um dos quatro atletas serão encaminhados à Corte Arbitral do Esporte (CAS), que ainda não fixou uma data para avaliação, devido a pandemia do coronavírus.

Esporte