PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Ameaçado por coronavírus, GP da Austrália de F1 é garantido por organização

"Estamos trabalhando em colaboração com as agências de saúde e organizações governamentais, além dos serviços de emergência, para combater o problema", informou responsável pela prova - Mark Thompson/Getty Images
"Estamos trabalhando em colaboração com as agências de saúde e organizações governamentais, além dos serviços de emergência, para combater o problema", informou responsável pela prova Imagem: Mark Thompson/Getty Images

02/03/2020 12h40

A organização do GP da Austrália de Fórmula 1, que está programado para acontecer no fim de semana do dia 15 deste mês, anunciou hoje que a prova acontecerá como o previsto, apesar da ameaça do coronavírus.

"Temos tudo previsto para a corrida de Melbourne na próxima semana. Estão sendo dados todos os últimos retoques no circuito. O material e o pessoal chegarão nos próximos dias. Esperamos abrir as portas para o público no dia 12 de março", afirmou Andrew Westacott, CEO da Australian Grand Prix Corporation, em comunicado.

De acordo com o dirigente, não há indícios de que serão estipuladas proibições de viagem, que gerariam problema para as pessoas chegarem à Austrália. Além disso, apesar da preocupação generalizada, a própria organização da Fórmula 1 mantém a prova no calendário.

"A saúde e a segurança de todos são primordiais. Estamos trabalhando em colaboração com as agências de saúde e organizações governamentais, além dos serviços de emergência, para combater o problema", garantiu Westacott.

O GP da Austrália terá início de atividades na sexta-feira, dia 13, dois dias antes da corrida, com os primeiros treinos livres, mas na véspera, as equipes já começarão a trabalhar nos boxes, para a primeira corrida da temporada.

A situação na F-1 é diferente a da MotoGP, principal categoria de motovelocidade do mundo, que anunciou o cancelamento do GP do Qatar, que abriria a temporada, e o adiamento da prova na Tailândia, ambas em decorrência do coronavírus.

Com isso, a primeira corrida de 2020 será o Grande Prêmio das Américas, nos Estados Unidos, previsto para acontecer em 5 de abril.

Sobe o número de casos de coronavírus na Europa

Band News

Fórmula 1