PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Guardiola fala sobre futuro no City: "Quero ficar na próxima temporada"

Pep Guardiola, treinador do Manchester City - Miguel MEDINA / AFP
Pep Guardiola, treinador do Manchester City Imagem: Miguel MEDINA / AFP

23/12/2019 16h08

O técnico Josep Guardiola revelou hoje que pretende permanecer no Manchester City na próxima temporada e enalteceu o crescimento do clube nos últimos anos, com a conquista do título das duas últimas edições do Campeonato Inglês, entre outros bons resultados.

"Esta é a minha quarta temporada, e a próxima será a quinta. Eu quero ficar na próxima temporada. É muito tempo, mas eu estou incrivelmente bem aqui. Mas agora vamos ter de ver se mereço um novo contrato. Vou tentar ficar", declarou Guardiola em entrevista coletiva.

O técnico dos 'Citizens', que na próxima sexta-feira enfrentarão o Wolverhampton, pela 19ª rodada da 'Premier League', já obteve o título nacional duas vezes pelo clube de Manchester, além de uma Copa da Inglaterra, duas Copas da liga Inglesa e duas Supercopas.

"O nível tem aumentado muito, e as expectativas são maiores. Temos de ver se conseguimos mantê-lo, mas não depende só de mim", afirmou.

Enquanto a maioria dos campeonatos nacionais europeus já está em recesso de fim de ano, na Inglaterra, a bola não para de rolar. Haverá nove jogos na próxima quinta-feira, no chamado 'Boxing Day', enquanto o City jogará no dia seguinte.

"Descansaremos e estaremos com a família e nos prepararemos para a partida contra o Wolverhampton e as seguintes. Temos tempo para pensar no futuro", disse o treinador espanhol, que elogiou o Wolverhampton, dono da sexta posição do Inglês.

"Os 'Wolves' são sempre um dos adversários mais duros. O trabalho que Nuno (Espírito Santo) está fazendo é fantástico. Na partida em Manchester, eles jogaram muito bem e com muitos acertos no ataque. Espero que possamos manter o nível das últimas semanas e dos últimos jogos", comentou Guardiola, fazendo referência à derrota para o mesmo adversário em casa, por 2 a 0, pela oitava rodada, em pleno Etihad Stadium.

Para o duelo desta sexta, o primeiro de dois que o City disputará em um intervalo de 48 horas, o técnico tem à disposição o meia De Bruyne e o atacante Agüero, que voltou a campo ontem, na vitória sobre o Leicester por 3 a 1, após um mês. No entanto, o argentino, que estava lesionado e atuou por apenas um minuto neste domingo, ainda não tem o retorno ao time titular confirmado.

"Sergio está melhor, mas ainda não está pronto para jogar. A cada dia, a cada sessão de treinamento, ele fica melhor, mas ele ainda precisa entrar no ritmo", ponderou. EFE

Futebol