Topo

Esporte


Lázaro decide, Brasil vence México de virada e é tetracampeão mundial sub-17

17/11/2019 20h59

Brasília, 17 nov (EFE).- A seleção brasileira voltou a mostrar muita força e poder de reação, ao vencer de virada neste domingo o México por 2 a 1, no estádio Bezerrão, em Brasília, e conquistar pela quarta vez na história o Campeonato Mundial sub-17.

Depois de uma vitória heroica nas semis sobre a França por 3 a 2, após estar perdendo por dois gols de diferença, os comandados por Guilherme Della Déa voltaram a ficar atrás do placar aos 21 do segundo tempo, quando o atacante Bryan González balançou a rede.

Apesar do desgaste, os anfitriões não se deram por vencidos e buscaram a igualdade aos 39, quando o atacante Kaio Jorge, que pertence ao Santos, converteu cobrança de pênalti, após falta sofrida na área pelo também atacante Gabriel Verón, do Palmeiras, flagrado pelo VAR.

A igualdade levava o duelo para os pênaltis, mas o atacante Lázaro, do Flamengo, repetiu o que havia feito contra os franceses, ao sair do banco de reservas e balançar a rede, dessa vez, aos 48 da etapa complementar, garantindo a taça pela quarta vez, depois dos títulos de 1997, 1999 e 2003.

Com a vitória de hoje, o Brasil - que sequer estava classificado para o Mundial e só conseguiu participar depois que o Peru perdeu o direito de sediar o torneio, por decisão da Fifa -, está apenas atrás da Nigéria, que conquistou a taça cinco vezes.

Na decisão de hoje, a seleção entrou em campo com Matheus Donelli no gol; Yan Couto (depois Garcia), Henri, Luan Patrick e Patryck; Daniel Cabral, Diego e João Peglow (depois Lázaro); Gabriel Verón, Pedro Lucas (depois Matheus Araújo) e Kaio Jorge.

Mais cedo, a seleção francesa conquistou o terceiro lugar do torneio, ao derrotar a Holanda por 3 a 1, em partida também disputada no Bezerrão. O atacante Arnaud Kalimuendo Muinga foi o grande nome da partida, ao balançar a rede três vezes. EFE

Esporte