Topo

Esporte


França, Inglaterra, Turquia e República Tcheca garantem vagas na Eurocopa

14/11/2019 20h44

Madri, 14 nov (EFE).- As seleções de França, Inglaterra, Turquia e República Tcheca confirmaram nesta quinta-feira a classificação para a Eurocopa de 2020, o que ainda não é o caso de Portugal, atual campeã do torneio, mesmo depois da goleada de 6 a 0 sobre a Lituânia.

A vaga da França veio após a vitória de 2 a 1 sobre a Moldávia. Após Rata abrir o placar logo aos nove minutos no Stade de France, Varane empatou ainda no primeiro tempo e Digne sofreu pênalti na segunda etapa. Giroud converteu e sacramentou a vitória.

Horas antes, a Turquia garantiu a vaga ao empatar sem gols com a Islândia, resultado que também beneficiou os franceses, pois impediu as chances de classificação islandesa com uma rodada de antecedência.

O lance mais importante da partida em Istambul ocorreu aos 38 do segundo tempo, quando o atacante Yilmaz tirou em cima da linha o cabeceio de Magnusson que seria o gol da vitória islandesa.

Sendo assim, a França encerrou a nona rodada do grupo H na liderança com 22 pontos, seguida pela Turquia, a vice-líder, com 20. Ambas se classificaram com antecedência porque a Islândia, terceira colocada, tem 16 e não pode mais alcançá-las.

Quem brilhou nesta quinta-feira foi a jovem seleção inglesa, que comemorou sua milésima partida internacional com uma contundente goleada de 7 a 0 sobre Montenegro. O craque da partida foi Harry Kane, autor de três gols. Oxlade-Chamberlain, Rashford, Abraham e Sofranac, contra, completaram a conta.

O massacre manteve a Inglaterra na ponta do grupo A, com 18 pontos, seguida pela Republica Tcheca - que sempre se classifica desde 1996 -, com 15. A classificação tcheca veio com a vitória de 2 a 1 sobre um rival direto, o Kosovo, que terminou a rodada na terceira posição, mas quatro pontos atrás da vice-líder.

A outra goleada do dia foi da atual campeã europeia. Sob o comando de Cristiano Ronaldo, que somou mais um 'hat-trick' ao currículo, Portugal aplicou 6 a 0 na Lituânia, em casa. Pizzi, Gonçalo Paciência e Bernardo Silva também balançaram as redes.

No entanto, o placar elástico não foi suficiente para garantir os portugueses na Euro. A equipe treinada por Fernando Santos também precisava que a Sérvia, não vencesse em casa a seleção de Luxemburgo, mas ganhou, 3 a 2.

O grupo B tem como líder a Ucrânia, já classificada, com 19 pontos. Portugal, com 14, ocupa a vice-liderança e visitará o já eliminado Luxemburgo, vice-lanterna, no próximo domingo, na última rodada. A Sérvia, que também briga pela segunda vaga, está na terceira posição, com 13 pontos, e visitará a Ucrânia no mesmo dia. EFE

Esporte