Topo

Futebol


Zidane cobra empenho de Vinicius Jr. e destaca tranquilidade de Rodrygo

Zidane conversa com Vinicius Jr. - JAVIER SORIANO/AFP
Zidane conversa com Vinicius Jr. Imagem: JAVIER SORIANO/AFP

De Madri (ESP)

01/11/2019 17h36

Entre diversos astros do futebol mundial, como Eden Hazard, Sergio Ramos, Karim Benzema, e outros, o Real Madrid tem em seu atual elenco duas promessas brasileiras, Rodrygo e Vinicius Jr., que vivem momentos distintos na equipe merengue.

Enquanto Rodrygo, de 18 anos, que chegou nesta temporada ao Real vindo do Santos, arranca elogios da imprensa local e torcedores —na última rodada fez seu primeiro gol como titular no Santiago Bernabéu—, Vinicius, ex-Flamengo, um ano mais velho e com a experiência de estar no clube desde 2018, luta para reencontrar seu espaço.

Nesta sexta-feira, o técnico Zinedine Zidane comentou sobre os dois jogadores e destacou a tranquilidade de Rodrygo e cobrou mais trabalho por parte de Vinicius.

Se a última rodada, o ex-santista abriu o placar da goleada de 5 a 0 sobre o Leganés, o ex-atacante rubro-negro —que não marca desde a vitória sobre o Osasuna pela sexta rodada— ficou de fora do banco de reservas. O treinador francês considera natural os altos e baixos na carreira de um jovem atleta como Vinicius.

"Temos que pensar que ano passado não tínhamos o Hazard. Todo jogador sabe que precisa estar pronto e o Vinicius precisa continuar trabalhando duro. Ele fica mais confortável na ala esquerda e, na idade dele, tem que jogar onde se sente melhor", disse Zidane, destacando que o brasileiro agora tem a concorrência do craque belga, contratado junto ao Chelsea.

Diferentemente do último jogo, Vinicius Jr. foi relacionado para a partida de amanhã contra o Betis, novamente no Bernabéu, pela 12ª rodada. Rodrygo, que também faz parte da lista, foi elogiado por Zidane pela sua tranquilidade apresentada em campo, apesar da pouca idade.

"Rodrygo é um cara quieto, ele quer trabalhar duro, mas tem 18 anos e temos que ir com calma, embora seja um jogador de qualidade e personalidade. Quando tem a chance de jogar, se sai bem. Vamos ver o que acontece nos próximos jogos", afirmou.

Apesar de momentos distintos, Zidane não descarta escalar Rodrygo e Vinicius Júnior juntos no ataque merengue.

"Todos os jogadores que estão no primeiro time do Real Madrid podem jogar e precisam estar preparados. A questão do Vini não tem nada a ver com o Rodrygo estar jogando recentemente", concluiu.

Futebol