PUBLICIDADE
Topo

Lateral da seleção italiana jogou com dedo do pé fraturado por 80 minutos

Danilo D"Ambrosio em ação pela seleção italiana contra a Grécia - Giuseppe Maffia/NurPhoto via Getty Images
Danilo D'Ambrosio em ação pela seleção italiana contra a Grécia Imagem: Giuseppe Maffia/NurPhoto via Getty Images

em Roma (Itália)

14/10/2019 13h39

O defensor Danilo D'Ambrosio, da Inter de Milão, atuou por 80 minutos com um dedo do pé fraturado no jogo entre Itália e Grécia, pelas Eliminatórias para a Eurocopa de 2020, segundo mostraram exames realizados hoje.

O lateral-direito se contundiu ainda aos 10 minutos do primeiro tempo da partida disputada no Estádio Olímpico, em Roma. O técnico Roberto Mancini chegou a mandar o reserva Armando Izzo se aquecer, mas o titular optou por ficar em campo.

A equipe médica da Inter de Milão submeteu D'Ambrosio, de 31 anos, a exames que constataram a fratura no quarto dedo do pé direito, segundo aponta comunicado emitido pelo clube.

O polivalente defensor, que também atua como zagueiro, será submetido testes mais detalhados na próxima semana para que o período de afastamento dos gramados seja detalhado.

Eliminatórias Eurocopa - 2019