Topo

Esporte


Juventus terá rivais reforçados na corrida pelo 9º título italiano seguido

23/08/2019 15h39

Roma, 23 ago (EFE).- O Campeonato Italiano será aberto neste sábado, com a Juventus tentando aumentar para nove a série de títulos consecutivos, agora sob o comando de Maurizio Sarri, enquanto a legião de concorrentes se reforçou para acabar com a maior hegemonia já imposta nas principais ligas europeias.

O time 'bianconero' desde a temporada 2011-2012 papou todos os escudetos, quebrando o recorde estabelecido pelo Lyon, na França, entre 2002 e 2008, antiga maior marca dos cinco países mais importantes do futebol do Velho Continente.

A campanha em busca do nono título começará neste sábado no estádio Ennio Tardini, em visita ao Parma. No jogo, a Juve não contará com Sarri, que se recupera de uma pneumonia. Por outro lado, haverá a estreia oficial do zagueiro holandês Matthijs de Ligt, contratado junto ao Ajax.

Entre as outras caras novas do clube de Turim está o lateral-direito Danilo, o volante francês Adrien Rabiot, o meia galês Aaron Ramsey, além do goleiro italiano Gianluigi Buffon, que voltou do Paris Saint-Germain.

O Parma, primeiro adversário do atual campeão italiano, conta com o meia Hernani, ex-Athletico Paranaense. Por outro lado, o goleiro Gabriel Brazão, formado nas divisões de base do Cruzeiro, rumou para a Inter de Milão.

Vice na última temporada, o Napoli também entrará em campo neste sábado, para encarar a Fiorentina. A principal novidade na equipe comandada por Carlo Ancelotti é o zagueiro grego Kostas Manolas, ex-Roma, que chega para ocupar o lugar vago com ida do espanhol Raúl Albiol para o Villarreal.

A equipe 'Viola', por sua vez, apresentou uma grande novidade dias antes da estreia no Italiano, o meia-atacante francês Frank Ribèry, que deixou o Bayern de Munique após ter contratado encerrado. O veterano prometeu jogar até os 40 anos, repetindo o que fez o meia Francesco Totti.

A Inter de Milão, por sua vez, é um dos times que mais atrações de peso apresentará nesta edição do Italiano, com nomes como o zagueiro uruguaio Diego Godín, ex-Atlético de Madrid, e o atacante belga Romelu Lukaku, que veio do Manchester United. No entanto, segue a novela sobre a permanência do argentino Mauro Icardi.

Os 'nerazzurri' encararão nesta segunda-feira o recém-ascendido Lecce, que volta à elite após sete anos, depois de ter passado, inclusive, pela terceira divisão. Duas apostas do time são o técnico Fabio Liverani, apontado como promessa na função, e o atacante brasileiro Diego Farias.

O Milan, que segue procurando reviver os melhores dias da história, chega para o Italiano com o jovem zagueiro Léo Duarte, ex-Flamengo, que reencontrará o meia Lucas Paquetá, que chegou no clube em janeiro. Outro cara nova de destaque é o atacante português Rafael Leão, que veio do Lille.

Os agora comandados por Marco Giampaolo, substituto de Gennaro Gattuso, visitarão neste domingo a Udinese, que conta com o zagueiro Samir, convocado para defender a seleção brasileira nos amistosos contra Colômbia e Peru, com o também zagueiro Rodrigo Becão, o volante Walace, o atacante Ryder Matos e o goleiro Nicolas.

Representantes da capital, Roma e Lazio enfrentarão as equipes de Gênova, duelando com Genoa (em casa) e Sampdoria (fora), respectivamente. Já a Atalanta, que disputará a Liga dos Campeões pela primeira vez, estreará em visita a Spal.

Em outros jogos, o Cagliari receberá o Brescia, do atacante italiano Mario Balotelli; o Verona jogará em seus domínios com o Bologna; e o Torino encarará o Sassuolo, no Estádio Olímpico de Turim.

Programação da primeira rodada do Campeonato Italiano:.

Sábado.

Parma - Juventus.

Fiorentina - Napoli.

Domingo.

Udinese - Milan.

Cagliari - Brescia.

Roma - Genoa.

Sampdoria - Lazio.

Spal - Atalanta.

Torino - Sassuolo.

Verona - Bologna.

Segunda-feira.

Inter de Milão - Lecce. EFE

Mais Esporte