Topo

Futebol

Seleção Brasileira feminina


Em 1ª convocação, Pia Sundhage mantém 16 jogadoras que disputaram a Copa

Pia Sundhage foi apresentada como técnica da seleção feminina - Lucas Figueiredo/CBF
Pia Sundhage foi apresentada como técnica da seleção feminina Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

20/08/2019 17h17

Rio de Janeiro, 20 ago (EFE).- A sueca Pia Sundhage anunciou hoje a primeira convocação como técnica da seleção brasileira, para a disputa do Torneio Uber, que será realizado em São Paulo, com a participação também de Argentina, Chile e Costa Rica.

A lista conta com 16 jogadoras que disputaram a última edição da Copa do Mundo, com destaque para Marta, do Orlando Pride, Formiga, do Paris Saint-Germain, Andressa Alves, da Roma. Por outro lado, a atacante Cristiane, do São Paulo, ficou fora, depois de se recuperar de lesão sofrida no torneio, na França.

Além disso, seguem, da última convocação feita por Oswaldo Alvarez, o Vadão, as goleiras Aline e Bárbara; as defensoras Letícia Santos, Tamires, Kathellen e Mônica; as meias Thaisa e Luana; além das atacantes Geyse, Debinha, Bia Zaneratto, Ludmila e Raquel.

As principais novidades da relação apresentada hoje por Sundhage são a meia Yaya, do São Paulo, que tem apenas 17 anos, e a atacante Milene, do Corinthians, que lidera a lista de artilheiras do Campeonato Brasileiro, que está em andamento.

"Quero dar às jogadoras um novo início. Não importa se é mais velha ou mais jovem na seleção. Elas precisam ter um grande coração e defender o país", disse a técnica sueca, bicampeã olímpica, ao resumir a lista que anunciou na sede da CBF, na zona oeste do Rio de Janeiro.

Questionado sobre Marta, eleita cinco vezes a melhor do mundo, mas que não conseguiu brilhar na última Copa do Mundo, Sundhage garantiu contar com a camisa 10, mas destacou que é preciso valorizar todas as integrantes do elenco.

"É uma jogadora muito importante para o time, mas para uma estrela brilhar, é preciso ter um time por trás", avaliou a treinadora.

A seleção brasileira enfrentará no dia 29 de agosto a Argentina, pelas semifinais do Torneio Uber, enquanto Chile e Costa Rica fazem a outra partida do dia. As vencedoras se enfrentarão no domingo, dia em que acontecerá também a disputa do terceiro lugar. Todos os jogos acontecerão no Pacaembu, em São Paulo.

Além da convocação de hoje, a CBF também anunciou quem estará a frente das equipes nacionais sub-20 e sub-17 para mulheres, respectivamente Jonas Urias e Simone Jatobá, essa última, ex-jogadora da seleção, que estava trabalhando na base da Ponte Preta.

Confira as convocadas para defender a seleção brasileira no Torneio Uber:.

Goleiras: Aline (Tenerife-ESP) e Bárbara (Kindermann).

Laterais: Letícia (Frankfurt-ALE), Fabiana (Internacional), Joyce (Tenerife-ESP) e Tamires (Corinthians).

Zagueiras: Katheleen (Bordeaux-FRA), Monica (Sem clube), Érika (Corinthians) e Bruna Benites (Internacional).

Meias: Thaisa (Real Madrid-ESP), Luana (Hwacheon-COR), Formiga (Paris Saint-Germain-FRA) e Yaya (São Paulo).

Atacantes: Andressa Alves (Roma-ITA), Geyse (Benfica-POR), Marta (Orlando Pride- EUA), Milene (Corinthians), Debinha (North Carolina Courage- EUA), Chú (Changchun Dazhong/CHI), Bia Zaneratto (Incheon Hyundai-COR), Ludmila (Atlético de Madrid-ESP) e Raquel (Sporting-POR). EFE

Mais Seleção Brasileira feminina