PUBLICIDADE
Topo

Esporte


Scaloni continua no comando da Argentina nas Eliminatórias para a Copa

Lionel Scaloni, técnico da seleção argentina - REUTERS/Luisa Gonzalez
Lionel Scaloni, técnico da seleção argentina Imagem: REUTERS/Luisa Gonzalez

30/07/2019 18h20

Após comandar a Argentina na campanha do terceiro lugar da Copa América no Brasil, o técnico Lionel Scaloni teve o contrato estendido e se manterá à frente da Albiceleste durante as eliminatórias aa Copa do Mundo de 2022, no Qatar. O anúncio foi feito, hoje, pela Associação do Futebol Argentino (AFA).

"O comitê executivo da AFA resolveu hoje dar continuidade durante as próximas Eliminatórias para a Copa do Mundo do Qatar 2022, que começarão no próximo ano, ao projeto da seleção principal liderado por Lionel Scaloni", informou a Associação do Futebol Argentino em comunicado.

Scaloni integrou a comissão técnica de Jorge Sampaoli durante o Mundial da Rússia, no ano passado, e depois disso assumiu o cargo de treinador de maneira interina. Em dezembro, a AFA anunciou que o manteria à frente da bicampeã mundial até a Copa América e depois analisaria sua situação.

Após uma campanha de altos e baixos na fase de grupos, a Argentina superou a Venezuela nas quartas de final do torneio continental e perdeu para o Brasil nas semifinais. Na disputa pelo terceiro lugar, reencontrou o Chile, pelo qual havia sido derrotado nas duas finais anteriores, mas desta vez levou a melhor.

Scaloni, de 41 anos, ainda não tinha experiência como treinador. Sua comissão técnica continuará tendo grandes ex-jogadores argentinos, como Walter Samuel, Fabián Ayala e Pablo Aimar, treinador da seleção sub-17.

Também conta com a tutela de César Luis Menotti, técnico campeão do mundo pela 'Albiceleste' em 1978 e agora diretor de seleções nacionais da AFA.

Esporte