Topo

Esporte


Valencia vence Valladolid fora de casa, garante 4º lugar e vaga na Champions

18/05/2019 18h01

(Atualiza com os resultados de Alavés e Girona, Celta de Vigo e Rayo Vallecano, e Huesca e Leganés).

Redação Central, 18 mai (EFE).- O Valencia, pela segunda temporada consecutiva, conseguiu terminar na quarta posição do Campeonato Espanhol e se classificar para a Liga dos Campeões da Europa, ao vencer neste sábado o Valladolid por 2 a 0, fora de casa, enquanto Sevilla, Getafe e Espanyol irão à Liga Europa.

O time do goleiro Neto, que começou no banco, e do zagueiro Gabriel Paulista, titular na partida, levou a melhor graças a gols do meia Carlos Soler, marcado aos 36 da etapa inicial, e do atacante Rodrigo Moreno, filho do ex-lateral do Flamengo Adalberto, anotado aos 7 da etapa complemementar.

Com a vitória de hoje, resultado que precisava para se garantir no G-4, independente do desempenho dos concorrentes, o Valencia chegou aos 61 pontos. A equipe termina outra vez atrás de Barcelona, Atlético de Madrid e Real Madrid, que ocuparam os três primeiros lugares.

O Valladolid, que tem como presidente o ex-atacante Ronaldo, entrou em campo já livre da ameaça de rebaixamento. A equipe terminou o Espanhol na 16ª posição, com 41 pontos.

O Sevilla, por sua vez, derrotou o Athletic Bilbao por 2 a 0, em casa, e encerrou a participação na quinta posição, o que vale vaga na fase de grupos da Liga Europa, competição que o clube conquistou cinco vezes e é o maior vencedor.

Os gols da partida disputada no estádio Ramón Sánchez Pizjuan foram o atacante francês Wissam Ben Yedder, aos 44 minutos do primeiro tempo, e o atacante espanhol Munir El Haddadi, aos 47 da etapa complementar.

Grande surpresa da temporada, o Getafe empatou com o Villarreal por 2 a 2, dentro de seus domínios, com isso, ficou com a sexta colocação e também com um lugar na fase de grupos da Liga Europa, competição que voltará a disputar após nove anos.

O meia espanhol Francisco Portillo e o volante sérvio Nemanja Maksimovic marcaram para o time dos arredores de Madri. O meia Vicente Iborra e o atacante Gerard Moreno, ambos espanhóis empataram para o Submarino Amarelo, que escapou da queda para a segunda divisão na reta final do campeonato.

Com o revés na última rodada, o Athletic ficou na alça de mira do Espanyol, que venceu a Real Sociedad - que também sonhava com a Liga Europa -, por 2 a 0. O time de Barcelona, que chegou a flertar com o rebaixamento no segundo turno, terminou assim na sétima posição e participará do torneio secundário da Uefa.

O lateral-direito venezuelano Roberto Rosales e o atacante chinês Wu Lei marcaram para o time da casa na partida.

Mais tarde, o Girona perdeu para o Alavés por 2 a 1, fora de casa, confirmou as expectativas, já que precisava de goleada para se salvar, aliada a uma derrota do Celta de Vigo, e se tornou o terceiro e último rebaixado do campeonato, se juntando a Rayo Vallecano e Huesca.

O atacante ganês Mubarak Wakaso e o atacante argentino Jonathan Calleri, ex-São Paulo, anotaram os gols dos anfitriões, que chegaram a flertar com vaga em competições continentais durante o turno, mas não conseguiram ir além do décimo lugar. O atacante espanhol Portu descontou para os visitantes.

O meia brasileiro Douglas Luiz, ex-Vasco, que se recuperou de lesão recentemente, não foi relacionado e ficou fora da partida do time da Catalunha, que acabou rebaixado.

Com a derrota, o Girona ficou estacionado na marca de 37 pontos, quatro a menos que o Celta, que empatou com o já rebaixado Rayo Vallecano em 2 a 2, no estádio dos Balaídos. O atacante espanhol Iago Aspas marcou duas vezes para os anfitriões. O meia Adri Embarba e o volante Álvaro Medrán, ambos espanhóis, igualaram.

O Huesca, por sua vez, venceu o Leganés por 2 a 1, em seus domínios, e deixou a última posição do campeonato, que ocupou por quase toda a competição. Todos dos gols do jogo foram marcados zagueiro argentino Martin Mantovani, que anotou dois gols a favor e um contra.

Com o resultado, o Rayo Vallecano terminou a competição na lanterna.

O vice-campeão, Atlético de Madrid, arrancou empate com o Levante, fora de casa, em 2 a 2, após ter sofrido dois gols na etapa inicial. O zagueiro uruguaio Erick Cabaco e o atacante espanhol Roger Martí marcaram para os visitantes, mas o volante Rodri e o jovem atacante Sergio Camello, ambos espanhóis, igualaram.

A equipe da capital, que se despediu hoje do zagueiro uruguaio Diego Godín e do atacante francês Antoine Griezmann, ainda terminou com um homem a menos, devido a expulsão do meia-atacante argentino Ángel Correa, quando ainda estava em desvantagem de 2 a 0. EFE

Mais Esporte