PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Hamilton admite surpresa com desempenho da Mercedes: "Ninguém esperava"

16/03/2019 09h26

Redação Central, 16 mar (EFE).- O piloto britânico Lewis Hamilton, que fez a pole position para o Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1, admitiu que foi surpreendente a vantagem da Mercedes em relação à Ferrari nos treinos de classificação.

"Ninguém esperava a diferença que vimos hoje. Ontem (sexta-feira), a Ferrari estava ali conosco. Tínhamos muito combustível, mas quando tiramos gasolina ficamos no mesmo tempo quanto ao rendimento. De repente, eles devem ter perdido potência nesta manhã, era algo que eu não esperava", comentou Hamilton após as atividades deste sábado no circuito de Albert Park, em Melbourne.

Hamilton fechou o Q3 em 1min20s486, seguido pelo companheiro Valtteri Bottas, 0s112 atrás, e pelo alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, que terminou o percurso com um tempo sete décimos maior que o britânico e largará na terceira posição.

Esta foi a oitava pole de Hamilton na Austrália, a sexta consecutiva. Mas, apesar de largar na frente, o pentacampeão mundial alertou que o circuito é complicado e que "muitas coisas" podem acontecer.

"É um circuito difícil. Estou agradecido pelo nível do nosso carro e sei que a Ferrari apertará para progredir nos próximos dias", disse o britânico, que na temporada passada também largou na pole, mas perdeu a corrida para Vettel.

Hamilton agradeceu à Mercedes pelo trabalho feito desde a pré-temporada, já que depois dos testes em Barcelona, nos quais a Ferrari foi mais rápida, não tinha certeza sobre a potência de seu carro.

"Depois dos testes não sabíamos onde estaríamos. As pessoas trabalharam com perfeição na fábrica. Valtteri (Bottas) também foi muito bem", acrescentou Hamilton. EFE

Esporte