PUBLICIDADE
Topo

Esporte

PSG desconta 180 mil euros de Mbappé por atraso, diz "L'Équipe"

15/03/2019 15h13

Paris, 15 mar (EFE).- O Paris Saint-Germain decidiu punir o atacante Kylian Mbappé por ter se atrasado a uma preleção do técnico Thomas Tuchel, segundo informações divulgadas nesta sexta-feira pelo jornal "L'Équipe".

Segundo o periódico, o clube parisiense, que não quis comentar o caso, descontou o dinheiro do bônus de ética do jovem jogador por ter descumprido a sua obrigação de estar presente no bate-papo antes da partida contra o Olympique de Marselha, no dia 28 de outubro. O PSG venceu o clássico em questão, realizado no Valódrome, por 2 a 0.

O atleta de 19 anos assinou um documento no qual aceita a punição, e o dinheiro, ainda de acordo com o jornal esportivo, será destinado à fundação do PSG.

O clube aplicou o mesmo procedimento ao volante Adrien Rabiot, que chegou atrasado à mesma preleção e teve descontado do bônus 45 mil euros, 15 mil euros por mês em novembro, dezembro e janeiro.

Por causa do atraso, os dois jogadores começaram a partida no banco, embora ambos tenham entrado no segundo tempo. Mbappé inclusive marcou o primeiro gol. EFE

Esporte