PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Juve aposta fichas em CR7 para virar eliminatória e avançar na Champions

11/03/2019 15h49

(Atualiza com desfalque de Douglas Costa).

Turim (Itália), 11 mar (EFE).- Vice-artilheiro do Campeonato Italiano, Cristiano Ronaldo já se mostrou importante para a Juventus ao deixá-la bem próxima do oitavo 'scudetto' seguido, mas nesta terça-feira terá uma missão ainda mais difícil, a de levar ajudar a levar a equipe de Turim às quartas de final da Liga dos Campeões em jogo contra o Atlético de Madrid no Allianz Stadium.

Vencedora das últimas sete edições do Italiano, a Juve contratou Cristiano para mudar de patamar na Champions. O português venceu a competição cinco vezes, uma pelo Manchester United e quatro pelo Real Madrid, mas a 'Velha Senhora' não fica com a taça desde 1996. De lá para cá, foram cinco vices - em 1997, 1998, 2003, 2015 e 2017.

Na fase de grupos, a campanha foi relativamente tranquila. Com quatro vitórias e duas derrotas, o time dirigido por Massimiliano Allegri foi líder de uma chave com Manchester United, Valencia e Young Boys.

Entretanto, nas oitavas de final, a Juve foi derrotado pelo Atlético por 2 a 0 no jogo ida, há quase três semanas, no Wanda Metropolitano. Com isso, precisará vencer por três gols de diferença nesta terça, em Turim, ou devolver o placar de Madri e decidir na prorrogação.

O craque português deixa a desejar na competição continental até agora. Fez apenas um gol, na derrota para o United por 2 a 1, e deu duas assistências.

Do meio para frente, os desfalques de Allegri são o meia-atacantes Cuadrado e Douglas Costa, machucados. O brasileiro chegou a treinar com o restante do elenco nesta segunda, mas ainda não está pronto para jogar após ter se recuperado de um problema na panturrilha.

Na defesa, o treinador italiano não conta com Barzagli nem De Sciglio, machucados, além de Alex Sandro, suspenso. Isso o obrigará a escalar Cáceres, que poderia tanto atuar como lateral-esquerdo quanto como zagueiro, o que mudaria o esquerma do 4-4-2 para o 3-5-2.

A retaguarda não é problema apenas para a Juventus. No Atlético de Madrid, que de 2013 para cá só ficou fora das quartas na temporada passada, em que caiu na fase de grupos, Diego Simeone não tem à disposição seus dois laterais-esquerdos, Filipe Luis e Lucas Hernández, ambos machucados. Dessa forma, Juanfran será deslocado para a esquerda e Arias entrará na direita.

O volante Thomas Partey e o atacante Diego Costa, suspensos, também não poderão ir a campo, dando lugar a Lemar e Morata. Por outro lado, o zagueiro Godín, que vinha com problemas na coxa, tem chances de retornar.

Prováveis escalações:.

Juventus: Szczesny; Bonucci, Chiellini e Cáceres; Cancelo, Matuidi, Bentancur, Pjanic e Bernardeschi; Cristiano Ronaldo e Mandzukic. Técnico: Massimiliano Allegri.

Atlético de Madrid: Oblak; Arias, Giménez, Godín (ou Savic) e Juanfran; Rodri, Saúl, Koke e Lemar; Griezmann e Morata. Técnico: Diego Simeone.

Árbitro: Bjorn Kuipers (Holanda), auxiliado pelos compatriotas Sander van Roekel e Erwin Zeinstra.

Estádio: Allanz Stadium, em Turim (Itália). EFE

Esporte