PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Após derrota para o Flamengo, San José demite técnico Néstor Clausen

07/03/2019 16h45

La Paz, 7 mar (EFE).- Derrotado pelo Flamengo por 1 a 0 em casa na última terça-feira, na estreia no grupo D da Taça Libertadores, o San José decidiu demitir o técnico argentino Néstor Clausen e nomear o boliviano William Ramallo como treinador interino.

Em entrevista coletiva, o presidente do clube da cidade de Oruro, Wilson Martínez, disse que Ramallo vai "ajudar" no jogo do fim de semana contra o Jorge Wilstermann, pelo Campeonato Boliviano, e talvez no duelo com o Peñarol, em Montevidéu, na próxima quinta, também pela Libertadores.

"Não queremos nos apressar, não queremos tomar uma decisão ruim", afirmou Martínez, que adiantou que haverá conversas com o boliviano Víctor Hugo Antelo e um técnico estrangeiro não revelado. O dirigente destacou que o importante é escolher alguém com experiência e que possa trabalhar a motivação do elenco.

Clausen assumiu o comando do San José em 21 de janeiro, substituindo Eduardo Villegas, agora técnico da seleção boliviana, mas o time é apenas sexto colocado entre 14 concorrentes no campeonato nacional, a oito pontos do líder Nacional Potosí. EFE

Esporte