PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Tuchel diz não compreender eliminação do PSG para o United na 'Champions'

06/03/2019 21h08

Paris, 6 mar (EFE).- Mostrando bastante abatimento após a derrota para o Manchester United por 3 a 1 nesta quarta-feira, o técnico do Paris Saint-Germain, Thomas Tuchel, disse não compreender como sua equipe foi eliminada da Liga dos Campeões pelos 'Diabos Vermelhos'.

"Eles nos venceram sem criar nenhuma chance. É algo que não consigo explicar, é incrível. Controlamos tudo, criamos muitas oportunidades, mas não as convertemos e por isso brincamos tempo demais com fogo. Eles não criaram uma chance e fizeram três gols", desabafou o treinador alemão depois da eliminação.

"Essa derrota veio do nada. Não tem nada a ver com a de dois anos atrás em Barcelona. Quando você perde para um rival que torna tudo muito difícil você pode entender, mas hoje não foi o caso. Derrotas assim ocorrem uma vez em cada cem jogos. É difícil de digerir, estou muito decepcionado", completou o comandante do PSG.

Tuchel preferiu não criticar o pênalti concedido após consulta ao VAR, convertido por Marcus Rashford e que decretou a eliminação.

"Não sei o que vai acontecer. Preciso de um ou dois dias, quero chegar em casa, não falar, não pensar. Sei que não é possível, mas vou tentar. Temos que continuar, mas não hoje", afirmou.

"Não podemos tirar conclusões apressadas", continuou.

Inconformado com a eliminação, Tuchel ainda saiu em defesa de seus jogadores por acreditar que eles fizeram uma boa partida.

"Somos os primeiros a dizer que, se ganhamos sem jogar bem, é preciso mudar as coisas. Mas hoje não foi o caso. Temos que manter a calma. Esse resultado não foi lógico, não foi merecido. Protejo meus jogadores porque eles estão trabalhando bem, queriam chegar às quartas. O que faltou foi o resultado, que foi uma loucura", concluiu o técnico alemão. EFE

Esporte