PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Mourinho não descarta voltar a treinar o Real Madrid caso seja chamado

05/03/2019 17h45

Redação Central, 5 mar (EFE).- Um dos nomes mais ventilados para assumir o comando do Real Madrid caso Santiago Solari perca o cargo futuramente, o técnico José Mourinho afirmou que não vê problema em voltar a treinar o clube caso seja chamado porque considera "uma experiência única" o período em que trabalhou em Madri.

"Guardo uma lembrança fantástica no geral. Trabalhar no Real Madrid foi uma experiência única e diferente de todas as que tive, e olha que foram grandes experiências", disse ao programa "Deportes Cuatro".

"Fizemos coisas fantásticas, ganhamos um Espanhol de um modo único e também tivemos momentos ruins. Eu cometi erros e melhorei muito como treinador e como pessoa depois desta experiência. Estou tranquilo", acrescentou.

Mourinho lembrou que também teve uma segunda passagem pelo Chelsea, portanto consideraria retornar ao Real Madrid.

"Não tive problema de voltar ao Chelsea, não terei problema de retornar ao Real Madrid, ao Porto, à Inter de Milão, a todos os clubes onde estive. Se alguém te quer é um sentimento bom. O único time em estive que um dia me chamou para retornar foi o Chelsea, não o Real Madrid. As pessoas tiram as coisas de contexto", comentou.

No entanto, Mourinho demonstrou respeito a Santiago Solari e ao presidente do Real Madrid, Florentino Pérez.

"Já me perguntaram quais jogadores o Real Madrid tem que comprar. Eu respondi que é uma pergunta para Solari e o presidente, não para mim. Considero uma resposta ética", declarou. EFE

Esporte