PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Fifa aplaude uso do VAR no futebol e discute lances de mão

02/03/2019 14h33

Londres, 2 mar (EFE).- O presidente da Fifa, o suíço Gianni Infantino, comemorou neste sábado o impacto do uso do árbitro de vídeo no futebol mundial e considera que a novidade tem obtido sucesso e feito bem para o esporte.

Infantino elogiou o VAR em assembleia da International Board, em Aberdeen, na Escócia, composta pelas federações da Inglaterra (FA), da Escócia (SFA), do País de Gales (FAW) e da Irlanda do Norte (IFA), além da Fifa, que representa as 207 federações nacionais restantes. No evento, também foram debatidos lances em que um jogador toca a bola com a mão.

E linha com o restante dos integrantes da International Board, o presidente da federação internacional destacou que após ter sido usado na Copa do Mundo do ano passado, o sistema, aprovado há um ano (3 de março de 2018) é agora uma parte aceita no futebol e deu uma maior imparcialidade ao jogo. "Isso sem nenhuma interrupção significativa", salientou.

A organização definiu que continuará impulsionando e ajudando a implementação global do VAR e pretende colocar em prática um plano de digitalização integral para apoiar o processo de educação da arbitragem e as leis do futebol.

Ainda segundo Infantino, a assembleia também se centrou em afinar as leis para o benefício do jogo e tomou a decisão de proporcionar uma definição mais precisa do que é e o que não é infração quando a bola toca a mão de um jogador.

Concretamente, foram abordadas as ocasiões nas quais o lance não é intencional. Não serão mais validados gols marcados com a mão ou o braço, mesmo que de forma acidental, nem os surgidos em jogadas em que houver toque desse tipo. EFE

Esporte