PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Barça vence Real, mantém freguesia recente e dá passo importante rumo ao bi

02/03/2019 18h44

Madri, 2 mar (EFE).- Apenas três dias depois de ter eliminado o rival nas semifinais da Copa do Rei com uma vitória por 3 a 0, o Barcelona voltou a bater o Real Madrid no estádio Santiago Bernabéu neste sábado, desta vez por 1 a 0, e deu mais um passo rumo ao bicampeonato espanhol.

Graças ao gol marcado por Rakitic, com uma linda cavadinha sobre o goleiro Courtois, o líder Barça foi a 60 pontos em 'La Liga', 12 a mais que o Real, terceiro colocado. A segunda posição é do Atlético de Madrid, que tem 50 e neste domingo visitará a Real Sociedad, que aparece em oitavo.

Sem Cristiano Ronaldo, que se transferiu para a Juventus em agosto do ano passado, o atual tricampeão europeu ainda não venceu 'El Clásico'. Foram três derrotas, por 5 a 1, 3 a 0 e a de hoje, e um empate. De quebra, a equipe catalã assumiu a dianteira no confronto direto, o que não acontecia desde 1932, com 96 vitórias e 95 derrotas.

O Real teve duas mudanças na escalação em relação à derrota do meio de semana. Courtois voltou ao gol, já que Navas vinha sendo titular apenas na copa nacional, e Bale ganhou a vaga e Vázquez no ataque. Casemiro e Vinícius Júnior apareceram na formação inicial novamente, e Marcelo ficou entre os reservas durante os 90 minutos.

No Barcelona, Arthur começou jogando pela primeira vez em quase um mês, após ter se recuperado de uma lesão na coxa esquerda. Com isso, Sergi Roberto voltou à lateral direita, e Semedo foi para o banco. Philippe Coutinho entrou no decorrer da partida, e Malcom permaneceu no banco.

O time anfitrião buscou mais o ataque no começo, mas a pontaria não estava das melhores. Logo aos dois minutos de bola rolando, Bale cobrou falta por cima. Aos nove, Benzema chutou cruzado da esquerda e também cedeu tiro de meta.

Messi apareceu pela primeira vez aos 18, quando tentou conduzir pela intermediária. A defesa o parou, mas Suárez ficou com a sobra e devolveu para o argentino, que tentou por cobertura, mas viu a bola passar ao lado da trave.

O Real se fazia mais presente no campo do adversário, mas os 'Blaugranas' foram mais eficientes e fizeram 1 a 0 aos 25 minutos. Rakitic tabelou com Sergi Roberto, entrou na área nas costas de Sergio Ramos e tirou de Courtois com uma cavadinha para abrir o placar.

O empate poderia ter acontecido aos 31, em cobrança de escanteio que sobrou limpa para Reguilón, mas o substituto de Marcelo bateu de primeira pela linha de fundo. Na resposta do Barça, aos 38, Messi e Suárez chutaram, mas Courtois defendeu nos dois casos e evitou o segundo.

Depois do intervalo, o atual tricampeão europeu continuou pecando nas finalizações. Logo aos três minutos, Casemiro cruzou e Benzema errou na pequena área, mas, como atenuante, foi marcado impedimento do francês. Aos nove, Vinícius Júnior levou da esquerda para o meio e bateu com desvio para defesa de Ter Stegen.

O jogo estava sob o controle do time catalão, que era pouco ameaçado e ainda tinha uma chance ou outra para aumentar. Aos 24, Dembélé invadiu com liberdade e poderia ter cruzado para Suárez, mas preferiu o arremate e mandou à esquerda ds trave.

Sem se esconder, apesar das finalizações erradas da última quarta, que geraram críticas, Vinícius Júnior foi para cima aos 26. A defesa deu espaço, o ex-jogador do Flamengo encheu o pé e errou por pouco.

Depois de muitas falhas, Benzema enfim acertou o gol e levou algum perigo, aos 41, chutando de longe, mas Ter Stegen pegou. Contudo, quem esteve mais perto do gol foi Messi, também de fora da área, aos 47, mas a bola passou a centímetros da trave direita.

Ficha técnica:.

Real Madrid: Courtois; Carvajal, Varane, Sergio Ramos e Reguilón; Casemiro (Isco), Modric e Kroos (Valverde); Bale (Asensio), Vinícius Júnior e Benzema. Técnico: Santiago Solari.

Barcelona: Ter Stegen; Sergi Roberto, Piqué, Lenglet e Alba; Busquets (Semedo), Arthur (Vidal) e Rakitic; Messi, Dembélé (Philippe Coutinho) e Suárez. Técnico: Ernesto Valverde.

Árbitro: Alberto Undiano Mallenco.

Cartões amarelos: Sergio Ramos, Asensio e Carvajal (Real Madrid); Busquets e Lenglet (Barcelona).

Gol: Rakitic (Barcelona).

Estádio: Santiago Bernabéu, em Madri. EFE

Esporte