PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Valverde diz que Barça tem "grande oportunidade" em clássico contra o Real

01/03/2019 16h14

Barcelona (Espanha), 1 mar (EFE).- Mais do que ampliar o desgosto do rival após a eliminação na Copa do Rei em pleno Santiago Bernabéu, o Barcelona está focado no que uma vitória sobre o Real Madrid neste sábado pode significar dentro do Campeonato Espanhol.

Para o técnico do clube, Ernesto Valverde, a partida de amanhã representa uma "grande oportunidade" para o Barcelona no torneio. No entanto, mesmo que o triunfo venha, o comandante do clube catalão acredita que o título do Espanhol ainda não estará decidido amanhã.

"Tentaremos vencer, queremos conquistar a vitória porque representaria um golpe importante na moral de um rival direto, que ainda perderia pontos, mas será complicado", afirmou Valverde.

O comandante do Barcelona também acha difícil repetir o desempenho da última quarta-feira, quando, mesmo diante da torcida do adversário, o clube catalão venceu por 3 a 0, com três gols de Luís Suárez, e se classificou para a decisão da Copa do Rei.

"Em qualquer caso, somos duas equipes que brigam pela vitória. Não há nenhuma garantia que venceremos amanhã depois de termos conseguido ganhar na Copa do Rei", destacou Valverde.

Valverde reconheceu que o Barcelona não foi bem no primeiro tempo do clássico da última quarta-feira, mas disse que não se incomoda com as perguntas sobre o jogo pouco brilhante de seus atletas.

"Às vezes, você chuta 25 vezes, não faz nenhum gol e você tem um problema. Se você joga fora, chuta três e marca três, parece que você também tem um problema", afirmou Valverde.

Parte dos problemas do Barcelona no primeiro tempo veio dos pés de Vinícius Júnior, que criou boas jogadas pelo lado esquerdo do campo, mas acabou pecando nas finalizações. No entanto, Valverde revelou que não montará um esquema especial para marcá-lo.

"Ele está em forma, é capaz de desequilibrar. No outro dia nos criou problemas, mas o Real tem grandes jogadores", afirmou.

Perguntado se Lionel Messi está especialmente motivado para o jogo de sábado após não ser tão decisivo na última vitória, Valverde disse que a participação do craque depende do resto da equipe.

Valverde não gostou de ser questionado sobre uma possível demissão de Santiago Solari em caso de nova derrota do Real para o Barcelona, como ocorreu no início da temporada, quando Julen Lopetegui deixou o clube da capital após ser goleado por 5 a 1.

"Não gostei que demitissem Lopetegui, como não gostaria de ser demitido. Não quero falar sobre isso", concluiu Valverde. EFE

Esporte