PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Turquia anuncia volta de técnico que levou o país ao 3º lugar na Copa de 2002

28/02/2019 12h56

(Corrige data)

Ancara, 28 fev (EFE).- A Federação Turca de Futebol confirmou nesta quinta-feira a volta do técnico Senol Günes, com quem a seleção do país terminou a Copa do Mundo de 2002 na terceira posição, o melhor resultado da história.

Günes, atual treinador do Besiktas, sucederá o romeno Mircea Lucescu, que deixou o cargo no dia 11 de fevereiro, após uma sequência de resultados ruins.

"Chegamos a um acordo de quatro anos com Senol Günes que começará em 1º de junho de 2019 e que abrangerá a Eurocopa de 2020 e a Copa do Mundo de 2022", afirmou a federação em comunicado.

Senol Günes começou a sua carreira como treinador no Trabzonspor, em 1993, e desde então treinou oito equipes. No comando do Besiktas, o técnico conquistou duas vezes o Campeonato Turco.

Além do anúncio do novo técnico da seleção, outro destaque do futebol turco nesta quinta-feira foi a renúncia do presidente da federação, Yildirim Demirören.

Demirören também preside o Demirören Holding, um conglomerado de empresas que possui o maior grupo de veículos de comunicação do país.

O empresário ganhou em meados de fevereiro a licitação para gerenciar a Iddaa, a única empresa de apostas legais da Turquia. Desde então, recebeu várias críticas por presidir ao mesmo tempo a federação de futebol e a maior casa de apostas do país.

No texto de renúncia, Demirören afirma que deixa o cargo de presidente da federação após sete anos para não ceder a "nenhuma especulação" após conseguir a licitação da casa de apostas. EFE

Esporte