PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Sem Ganso nem Pedro, Fluminense estreia na Sul-Americana nesta terça

25/02/2019 17h36

Rio de Janeiro, 25 fev (EFE).- Semifinalista no ano passado, em uma campanha que terminou com duas derrotas para o Athletico Paranaense, que viria a ser campeão, o Fluminense estreará na Copa Sul-Americana nesta terça-feira com desfalques importantes em jogo contra o Deportes Antofagasta, do Chile, no Maracanã.

O técnico Fernando Diniz não poderá contar com Paulo Henrique Ganso. Principal contratação do Flu para esta temporada, o meia jogou com a camisa tricolor pela primeira vez na última sexta-feira, na vitória sobre o Bangu por 2 a 0, também no Maracanã, pelo Campeonato Carioca, mas não foi inscrito a tempo na Sul-Americana. O camisa 10 só disputará a competição caso o tetracampeão brasileiro passe para a segunda fase.

Já Pedro, artilheiro do Fluminense na temporada passada, está em fase final de recuperação de uma cirurgia no joelho direito, realizada em setembro do ano passado, mas ainda precisa de alguns dias para ganhar ritmo.

Por outro lado, o lateral-direito Gilberto, que estava afastado dos gramados desde agosto por causa de um edema ósseo no joelho esquerdo, retornou contra o Bangu e provavelmente começará jogando nesta terça.

"No jogo pelo Campeonato Carioca, a gente não pôde contar com titulares importantes como Airton e Luciano, que estavam suspensos, mas eles vão jogar pela Sul-Americana. Vamos pôr em campo o nosso melhor time possível", declarou Fernando Diniz.

A única dúvida é a condição física de Bruno Silva, cuja escalação depende da recuperação de dores musculares pelas quais vem sendo tratado nos últimos dias. Caso não esteja à disposição, o volante dará lugar a Dodi.

O Antofagasta vem treinando no Rio desde este domingo e tem o desfalque do goleiro Garcés, suspenso por doping. Agustín Rossi, substituto imediato contratado junto ao Boca Juniors, vive a mesma situação de Ganso e ainda não está inscrito, o que abre espaço para que Fernando Hurtado e Nicolás Araya disputem a posição.

O técnico do clube chileno, o argentino Gerardo Ameli, também não poderá contar com o zagueiro Bruno Romo, que sofreu uma entorse no tornozelo direito e permanecerá afastado por cinco semanas, o que o deixa fora também do jogo de volta, em 21 de março, no Estádio Regional de Antofagasta. Alejandro Delfino parte como favorito para formar dupla com Tomás Astaburuaga, com Cristian Rojas correndo por fora.

Prováveis escalações:.

Fluminense: Rodolfo; Gilberto, Digão, Matheus Ferraz e Marlon; Airton, Bruno Silva (ou Dodi) e Daniel; Everaldo, Yony González e Luciano. Técnico: Fernando Diniz.

Deportes Antofagasta: Hurtado; Nieto, Ataburuaga, Delfino (ou Rojas) e Peinalillo; Schultz, Felipe Flores, Blanco, Balboa e Jason Flores; Figueroa. Técnico: Gerardo Ameli.

Árbitro: Arnaldo Samaniego (Paraguai), auxiliado pelos compatriotas Eduardo Cardozo e Juan Zorrilla.

Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. EFE

Esporte