PUBLICIDADE
Topo

Esporte

No Rio, Flamengo tenta vencer Copa Intercontinental de Basquete pela 2ª vez

14/02/2019 19h12

Rio de Janeiro, 14 fev (EFE).- A equipe de basquete do Flamengo faz os últimos preparativos para o principal desafio da temporada, a Copa Intercontinental de Clubes, que será disputada a partir entre amanhã e domingo na Arena Carioca 1, no Rio de Janeiro.

Na busca pelo segundo título do torneio, o Rubro-Negro terá como primeiro adversário o Austin Spurs, campeão da Liga de Desenvolvimento da NBA e ligado ao San Antonio Spurs. A outra semifinal terá o AEK Atenas, campeão da Liga dos Campeões da Fiba, disputada por times da Europa, e o San Lorenzo, que se classificou por vencer a Liga das Américas.

Para o técnico do Flamengo, Gustavo Conti, repetir a conquista de 2014 não será uma missão fácil. Apesar de considerar a equipe pronta para ganhar o torneio, o comandante do Rubro-Negro ressaltou que seu elenco passa por um processo de renovação.

"Estamos felizes e muito preparados. Talvez não sejamos os favoritos, mas tempos uma equipe competitiva", disse Conti.

Segundo Conti, o Flamengo é uma equipe de "reta final" que ainda está no meio do trabalho por ter renovado quase 80% da equipe para a atual temporada. No entanto, para o técnico, jogar diante da torcida é um fator de motivação extra , uma opinião compartilhada pelo ala Marquinhos, capitão do time.

"O objetivo é fazer um bom jogo e sairmos campeões", disse ele.

As equipes rivais também estão otimistas. O técnico do San Lorenzo, Gonzalo García, disse que sua equipe está focada em conquistar o título, apesar da juventude do elenco trazido para o Rio de Janeiro.

Já o técnico do AEK, Luca Bianchi, disse que a equipe tem condições para chegar ao título da competição.

O comandante do time grego ainda revelou que não promoverá surpresas no torneio, que será usado por ele para consolidar o estilo de jogo implementado na temporada.

"A equipe não tinha uma grande tradição e surpreendeu ao chegar ao Rio. Foi um processo positivo e estou muito orgulhoso", disse Bianchi na entrevista coletiva de apresentação do torneio.

As duas equipes que passarem das semifinais amanhã se enfrentam no domingo, também na Arena Carioca 1, palco da disputa masculina do basquete nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.

No mesmo dia, os perdedores das semifinais disputam o terceiro lugar. EFE

Esporte