PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Inter, Benfica e Sevilla vencem pela Liga Europa; Arsenal é surpreendido

14/02/2019 18h11

Redação Central, 14 fev (EFE).- A Inter de Milão, o Benfica e o Sevilla deram um passo importante rumo às oitavas da Liga Europa ao terem vencido seus jogos de ida fora de casa nesta quinta-feira, enquanto o Arsenal foi surpreendido com uma derrota para o BATE Borisov em Belarus.

Tricampeã da Copa da Uefa, torneio precursor da Liga Europa, a Inter foi à Áustria enfrentar o Rapid Viena e obteve um bom resultado, uma vitória por 1 a 0. Os 'Nerazzurri' não contaram com o atacante Icardi, cuja renovação de contrato está emperrada, e tiveram pela primeira vez um goleiro como capitão "oficial": Handanovic.

O único gol do time dirigido por Luciano Spalletti no Weststadion, em Viena, aconteceu aos 39 minutos do primeiro tempo. Perisic se enrolou com a bola, que ficou com Turnwald, mas ele também se enrolou e derrubou Lautaro Martínez na área. Na ausência de Icardi, o próprio Marínez cobrou e converteu.

Com o resultado, a Inter, que teve o zagueiro Miranda entre os titulares, jogará pelo empate na volta, na próxima quinta-feira, em Milão. O Rapid terá que vencer por qualquer placar, exceto o de 1 a 0, que levaria a eliminatória para a prorrogação.

O Benfica, por sua vez, derrotou o Galatasaray por 2 a 1 em Istambul. Salvio, de pênalti, abriu o placar para os 'Encarnados', aos 27 minutos da etapa inicial. No segundo tempo, os donos da casa igualaram aos nove, com Luyindama, mas sofreram o desempate dez minutos depois, em finalização de Seferovic.

O confronto no Ali Sami Yen Spor Kompleksi teve quatro brasileiros em campo. O zagueiro Marcão e o volante Fernando foram titulares da equipe turca, enquanto o lateral Mariano entrou no decorrer da partida. No Benfica, também volante Gabriel substituiu Salvio pouco depois do intervalo.

Maior vencedor da história da competição continental, com cinco títulos, o Sevilla está perto de mais uma vez se colocar entre os 16 melhores. A equipe da Andaluzia foi ao Estádio Olímpico de Roma e ganhou da Lazio, dos brasileiros Lucas Leiva e Luis Felipe, por 1 a 0, com gol de Ben Yedder.

A principal surpresa entre os jogos iniciados às 15h55 (de Brasília) foi a derrota do Arsenal para o BATE por 1 a 0. Dragun marcou de cabeça, aos 45 minutos do primeiro tempo, e deixou os 'Gunners', atuais vice-campeões, em situação complicada, já que será necessário um triunfo por dois gols de vantagem daqui a uma semana, no Emirates Stadium.

O confronto na Borisov-Arena marcou o reencontro do meia Hleb, de 37 anos e camisa 11 da equipe bielorrussa, com o time londrino, pelo qual atuou de 2005 a 2008.

No jogo mais movimentado da primeira faixa de horários, o Betis arrancou um empate com o Rennes em 3 a 3 no campo do adversário, o Roazhon Park, depois de estar perdendo por 3 a 1. O segundo gol do representante espanhol foi marcado pelo zagueiro Sidnei, ex-Internacional.

Outra igualdade com gols aconteceu na Grécia, onde Olympiacos e Dínamo de Kiev ficaram no 2 a 2. Houve ainda dois 0 a 0, entre Krasnodar e Beyer Levekusen, na Rússia; e entre Slavia Praga e Genk, na República Tcheca. EFE

Esporte