PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Atlético demite funcionário acusado de abusar de menores em escola de Madri

14/02/2019 16h37

Madri, 14 fev (EFE).- O Atlético de Madrid anunciou nesta quinta-feira a demissão de Manuel Briñas, de 88 anos, funcionário das categorias de base do clube, acusado de abusar de menores de idade em uma escola da capital espanhola.

O clube também divulgou que abriu uma investigação interna para descartar a possibilidade de Briñas ter cometido os mesmos crimes durante o tempo que atuou como funcionário das categorias de base.

O caso foi revelado pelo "El País". Segundo o jornal espanhol, Briñas confessou ter abusado sexualmente de um menor de idade quando era frade em um colégio de Madri entre 1973 e 1975. Ele, porém, foi acusado de ter praticado assédio contra mais quatro pessoas.

"Condenamos energicamente esse tipo de conduta e mostramos nossa mais firme repulsa diante de fatos tão graves", disse o clube.

"Estamos consternados porque durante os anos que Manuel Briñas esteve ligado às nossas categorias de base nunca existiu a menor suspeita sobre sua pessoa, pelo contrário, já que ele era considerado publicamente como alguém muito respeitado dentro e fora do Atlético de Madrid", completou o clube no comunicado.

O Atlético anunciou também que, com a parceria da organização Save The Children, começou uma revisão dos protocolos de funcionamento das categorias de base, com o objetivo de aperfeiçoá-los e evitar qualquer risco para as crianças. EFE

Esporte