PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Operação de busca por avião que levava atacante argentino é suspensa

22/01/2019 15h39

Londres, 22 jan (EFE).- A polícia de Guernsey, ilha localizada na parte britânica do Canal da Mancha, anunciou nesta terça-feira a suspensão das buscas pelo avião que transportava o atacante argentino Emiliano Sala, que está desaparecido desde a noite de ontem.

A interrupção dos trabalhos de resgate, que envolvia duas aeronaves e um barco, foi anunciada pelo Twitter às 17h03 locais (15h03 de Brasília), apenas 12 minutos depois de postagem revelando que "uma quantidade de objetos foi encontrada flutuando na água".

A própria corporação admite, no entanto, que não havia como identificar se tratavam-se de partes de um avião. O comunicado inicial, além disso, trazia uma mensagem de pouco alento sobre a situação do jogador e das duas outras pessas que estavam a bordo.

"Se eles pousaram na água, as chances de que alguém tenha sobrevivido, a essa altura, infelizmente são pequenas", aponta o tuíte da polícia de Guernsey.

De acordo com a corporação, as buscas serão retomadas nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira. Até lá, nenhuma atualização será divulgada, apontam as autoridades locais.

A aeronave, um Piper PA-46 Malibu, levava o jogador para o País de Gales, depois de concluída a transferência do Nantes, da França, para o Cardiff, que faz parte da elite do Campeonato Inglês.

Três pessoas ocupavam o avião, segundo confirmaram autoridades, que viajou a partir de Nantes, na França, às 20h15 locais (17h15 de Brasília) de ontem. Horas depois, não houve mais registro do voo. EFE

Esporte