PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Djokovic vence reedição da final de 2008 na Austrália; Zverev passa em 5 sets

17/01/2019 12h27

Melbourne (Austrália), 18 jan (EFE).- O sérvio Novak Djokovic repetiu o que havia feito 11 anos atrás, na final, e venceu o francês Jo-Wilfried Tsonga no Aberto da Austrália nesta quinta-feira, desta vez pela segunda rodada, enquanto o alemão Alexander Zverev precisou de cinco sets para passar de fase.

Número 1 do mundo e em busca do heptacampeonato do primeiro Grand Slam da temporada, Djokovic bateu Tsonga, atualmente apenas em 177º no ranking, em sets diretos, com parciais de 6-3, 7-5 e 6-4, em duas horas e cinco minutos de jogo.

Tentando recuperar a velha forma após ter se recuperado de uma grave lesão no joelho esquerdo, o francês vinha do vice-campeonato do ATP 250 de Brisbane e de uma vitória fácil sobre o eslovaco Martin Klizan na estreia. Contra 'Nole', porém, ele não conseguiu impor resistência.

Na terceira rodada, o sérvio jogará contra a promessa canadense Denis Shapovalov. O 25º cabeça de chave bateu o japonês Taro Daniel também por 3 a 0, com 6-3, 7-6(2) e 6-3.

Outro canadense, Milos Raonic, bateu o suíço Stan Wawrinka, campeão de 2013, por 3 a 1 de virada, em quatro tie-breaks, e jogará contra Pierre-Hugues Herbert. O francês surpreendeu o sul-coreano Hyeon Chung, 24º favorito e semifinalista no ano passado.

Quarto colocado do ranking e vencedor do ATP Finals em novembro, Alexander Zverev sofreu enfrentando outro representante da França, Jeremy Chardy. O alemão venceu em cinco sets, com 7-6(5), 6-4, 5-7, 6-7(6) e 6-1, em três horas e 46 minutos, e terá pela frente o australiano Alex Bolt, algoz do também francês Gilles Simon. EFE

Esporte